Vitor Silva/SSPress/Botafogo
Vitor Silva/SSPress/Botafogo

Botafogo derrota o Volta Redonda e estreia bem na Taça Rio

Victor Luís marca o gol da vitória na primeira rodada do segundo turno do Estadual

Fábio Grellet, Estadão Conteudo

09 de março de 2017 | 23h06

Eliminado da Taça Guanabara (o primeiro turno do Campeonato Carioca) ainda na fase inicial, o Botafogo iniciou nesta quinta-feira sua participação na Taça Rio, o segundo turno do campeonato estadual, com uma vitória por 1 a 0 contra o Volta Redonda, no Engenhão. A partida foi antecipada por conta da estreia do clube carioca na fase de grupos da Libertadores, na próxima terça-feira, contra o argentino Estudiantes.

O primeiro tempo foi equilibrado e sem gols, mas o Volta Redonda teve mais chances e até acertou uma bola na trave. O primeiro lance de perigo ocorreu aos 11 minutos e foi protagonizado pelo botafoguense Montillo, principal reforço alvinegro na temporada. Recuperado de uma lesão na panturrilha direita, ele jogou a partida toda. Nesse lance, recebeu de Roger, driblou o goleiro Douglas e bateu para o gol, mas a zaga cortou antes que a bola entrasse.

Logo na sequência o Volta Redonda deu o troco: em um contra-ataque, Octávio recebeu de frente para Gatito Fernández, bateu de primeira e o goleiro botafoguense defendeu com o pé direito.

Aos 20 minutos, Marcelo cobrou falta no ângulo esquerdo do goleiro Gatito, que nem foi na bola. Para sorte do Botafogo, ela explodiu no travessão e voltou nos pés da defesa alvinegra, que afastou o perigo. Na sequência do primeiro tempo, os dois times perderam chances e não conseguiram abrir o marcador.

No intervalo, o técnico Jair Ventura trocou dois jogadores do Botafogo: Leandrinho entrou no lugar de Jonas, e João Paulo substituiu Matheus Fernandes. A mudança deu resultado: logo no primeiro ataque, o Botafogo marcou. Em cobrança de falta na direita, Victor Luís lançou a bola na área, ela passou por todo mundo, quicou na pequena área e entrou no ângulo de Douglas. Houve até uma dúvida se Carli conseguira raspar a cabeça na bola, mas o juiz atribuiu o gol a Victor Luís.

O indício de uma mudança de comportamento do Botafogo logo desapareceu e o jogo voltou ao marasmo que caracterizou a maior parte do primeiro tempo. Aos 36 minutos, quando o time alvinegro já havia feito as três substituições, Camilo começou a reclamar de dores nas pernas e saiu de campo. Voltou após cinco minutos de atendimento médico, mas pode ser uma preocupação para o jogo de terça pela Libertadores.

Depois do jogo pela Libertadores na próxima terça, o Botafogo enfrenta o Vasco no domingo seguinte, pela segunda rodada da Taça Rio. Pela mesma rodada, também no domingo, dia 19, o Volta Redonda enfrenta o Madureira. Antes, a Taça Rio tem os cinco jogos que restam da primeira rodada, dois no sábado (Nova Iguaçu x Bangu e Flamengo x Portuguesa) e três no domingo (Madureira x Resende, Macaé x Vasco e Boavista x Fluminense).


FICHA TÉCNICA:

BOTAFOGO 1 X 0 VOLTA REDONDA

BOTAFOGO - Gatito Fernández; Jonas (Leandrinho e depois Marcelo), Carli, Emerson Silva e Victor Luís; Bruno Silva, Matheus Fernandes (João Paulo), Camilo, Montillo e Rodrigo Pimpão; Roger. Técnico: Jair Ventura.

VOLTA REDONDA - Douglas Borges; Henrique, Maílson, Luan e Cristiano; Pablo, João Cleriston (Higor Leite), Marcelo e David Batista (Gustavo); Luiz Gustavo (Luã Lucio) e Octávio. Técnico: Cairo Lima.

GOL - Victor Luís, a um minuto do segundo tempo.

ÁRBITRO - Luis Antônio Silva dos Santos.

CARTÕES AMARELOS - Maílson e Pablo (Volta Redonda); Marcelo (Botafogo).

RENDA - Não disponível.

PÚBLICO - 11.359 pessoas (10.078 pagantes).

LOCAL - Estádio Engenhão, no Rio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.