Botafogo derrota Santos e conquista primeira vitória

O Botafogo conquistou a sua primeira vitória no Brasileirão neste sábado. O time carioca derrotou o Santos por 2 a 0, no Engenhão, e acabou com a invencibilidade do adversário na competição. Batista e Laio fizeram os gols do jogo, ambos no segundo tempo.

TERCIO DAVID, Agencia Estado

13 de junho de 2009 | 21h01

Com o resultado, o Santos permanece com nove pontos e corre o sério risco de deixar a zona de classificação para a Copa Libertadores. Já o Botafogo saiu da zona de rebaixamento e ocupa a provisória 15ª posição da tabela, com seis pontos.

Neste sábado, faltou futebol no primeiro tempo. Em um verdadeiro show de passes errados e impedimentos, nenhuma das equipes conseguiu dominar a partida, embora o Botafogo tenha sido um pouco superior, por jogar mais no campo de ataque.

E foi exatamente do Botafogo o único bom lance da primeira etapa. Aos 31, Fahel recebeu livre na área e tocou por cima de Fábio Costa. Fabiano Eller, que tirou em cima da linha, evitou o que seria um golaço.

No segundo tempo, os times continuaram pouco criativos, principalmente o Santos, com Madson e Molina praticamente em fraca atuação. Jogando contra o ex-clube pela primeira vez desde seu retorno ao Botafogo, Lúcio Flávio também foi pouco notado em campo.

Apesar de não jogar bem, o Botafogo teve mais vontade e conseguiu marcar nos minutos finais. Aos 38, depois de uma troca de passes no ataque, Thiaguinho ajeitou a bola quase na linha da área para o chute preciso de Batista, no canto direito de Fábio Costa.

Mostrando oportunismo, o jovem Laio marcou o segundo. Aos 42, depois de um chutão para frente, Fabão tentou cortar de cabeça, mas acabou ajeitando para o botafoguense, que driblou Fábio Costa e tocou para o gol vazio, sacramentando a primeira vitória do Botafogo neste Brasileirão.

Na próxima rodada, o Santos receberá o Atlético Mineiro, na Vila Belmiro, no domingo. Na véspera, o Botafogo vai visitar o Vitória, no Barradão.

Ficha Técnica:

Botafogo 2 x 0 Santos

Botafogo - Renan, Alessandro, Emerson, Leandro Guerreiro e Eduardo; Fahel (Renato), Léo Silva (Thiaguinho), Batista e Lucio Flavio; Tony (Laio) e Victor Simões. Técnico: Ney Franco.

Santos - Fábio Costa, Pará, Fabão, Fabiano Eller e Léo; Roberto Brum, Rodrigo Souto (Roni), Paulo Henrique Ganso, Molina (Neymar) e Madson (Róbson); Kleber Pereira. Técnico: Vágner Mancini.

Gols - Batista, aos 36, e Laio, aos 41 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos - Victor Simões (Botafogo); Roberto Brum (Santos).

Árbitro: Evandro Rogério Roman(Fifa-PR)

Renda - R$ 83.208,04.

Público - 6.535 pagantes.

Local - Estádio Engenhão, Rio de Janeiro (RJ).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.