Botafogo diz ter pressa para acertar com Lucio Flavio

Com a confirmação da venda de Maicosuel para o Hoffenheim, da Alemanha, por R$ 12,8 milhões, a diretoria do Botafogo vai mesmo em busca de uma solução conhecida para a vaga de meia de ligação. O clube, que ficou com R$ 2,48 milhões ou 20% da transação, fez uma proposta para ter de volta Lucio Flavio, sem espaço no Santos, o quanto antes.

AE, Agencia Estado

21 de maio de 2009 | 19h31

"Não podemos demorar porque precisamos de um jogador para a posição e a contratação de Lucio Flavio é bem viável", disse André Silva, vice-presidente de futebol do clube. "Já fizemos a nossa parte, apresentamos uma proposta muito boa. Agora basta que o Lucio concorde".

Segundo o dirigente, que mantém contato com o empresário do jogador, Sandro Becker, não foi estipulado um prazo para Lucio Flavio dar a resposta, mas ele pede urgência e acredita que o acordo será fechado rapidamente. O Santos já concordou em liberar o meia caso aparecesse um clube interessado.

Sobre a saída de Maicosuel, Silva se disse impossibilitado de falar no assunto uma vez que ainda não havia sido informado oficialmente do acerto. Limitou-se a confirmar que, além de Lucio Flavio, o clube está em busca de um outro apoiador, que deve ser contratado com o dinheiro que seria utilizado na compra de Maicosuel. "Devemos ter novidades em breve", prometeu Silva.

Maicosuel, enquanto isso, já pensa no futuro com o Hoffenheim. "Estou muito feliz", disse o jogador, de 22 anos, que viaja neste domingo para a Alemanha para conhecer a estrutura do novo clube. Lá ele encontrará quatro brasileiros, o meia Carlos Eduardo, o volante Luiz Gustavo, o zagueiro Fabrício e o atacante Wellington, que o ajudarão a se adaptar ao novo país.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.