Botafogo duela contra o Bangu para encaminhar classificação na Taça Guanabara

O Botafogo enfrenta o Bangu neste domingo, às 18h30, no estádio de São Januário, no Rio, com um único pensamento: vencer. Com apenas mais dois jogos para o fim da segunda fase do Campeonato Carioca, o time precisa dos três pontos para se firmar entre os quatro melhores da Taça Guanabara e avançar para as finais do Estadual.

Thiago Rabelo, especial para o Estadão Conteúdo

10 de abril de 2016 | 08h40

Antes do início da sexta rodada, o time ocupava a terceira posição, com oito pontos. Uma vitória praticamente confirmará a classificação para a próxima fase. Já o Bangu é o penúltimo colocado, com quatro pontos, e está praticamente eliminado. Apesar do adversário viver mau momento, o técnico Ricardo Gomes não acredita em facilidade.

"Não existe essa de time pequeno. Fase decisiva é assim e não temos que ter preferência. O Bangu está bem, diferente do time que enfrentamos no primeiro jogo do campeonato", disse o treinador, em comparação à estreia no Estadual, quando venceu o Bangu por 2 a 0.

Durante a semana, os titulares tiveram a semana livre, já que Ricardo Gomes optou por um time reserva na vitória por 1 a 0 sobre o Coruripe-AL, fora de casa, na estreia pela Copa do Brasil. Porém, isso não significa que o treinador terá força máxima.

O principal problema está na defesa. Sem Renan Fonseca, que sentiu um incômodo na panturrilha direita, e sem Emerson, que sofreu uma lesão muscular na coxa direita e segue em tratamento, o titular ao lado de Carli será Emerson Silva. No meio de campo, Bruno Silva está suspenso pelo terceiro cartão amarelo e será substituído por Octávio ou Marcinho.

Com quatro jogadores com sintomas do vírus zika - Ives, Anderson Penna, Dyeguinho e Magno -, o Bangu aposta em Almir, artilheiro do Campeonato Carioca com nove gols. O jogador já atuou no Botafogo e estava no Flamengo no ano passado, mas não teve sucesso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.