Botafogo e Cabofriense jogam pela vaga

O Botafogo precisa vencer a Cabofriense nesta quarta-feira, a partir das 21h45, no Maracanã, para conquistar a outra vaga do grupo A na semifinal da Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca. Com 10 pontos, o time está em segundo lugar na chave, atrás do já classificado Volta Redonda, e disputa a classificação com a Portuguesa, que tem 9, e o Vasco, com 8."Respeitamos o adversário, mas, por atuarmos no Maracanã, precisamos nos impor técnica, tática e fisicamente desde o primeiro minuto", disse o técnico Bonamigo. "Não podemos pensar em outro resultado além da vitória. Jogar desde o primeiro minuto para fazer gols e não levá-los." A única alteração no Botafogo para esta partida é a entrada do zagueiro Émerson no lugar de Rafael Marques, suspenso. Para Bonamigo, o bom entrosamento da equipe e a consciência que todos os jogadores têm demonstrado em campo são os trunfos para superar a Cabofriense.Por também estar com chances de classificação em seu grupo, o B, já que está em terceiro com seis pontos, dois a menos que o Flamengo (o líder Fluminense, 12 pontos, já ficou com uma vaga), o técnico da Cabofriense, Paulo César Gusmão, avisou que armará um time ofensivo."O único resultado que nos interessa é a vitória e, por isso, temos que partir para o ataque e buscar o gol a todo momento", enfatizou PC Gusmão. "E sei que os jogadores não vão sentir a pressão de atuar no Maracanã contra uma equipe grande, porque já enfrentamos o Fluminense, Flamengo e Vasco e saímos vitoriosos."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.