Botafogo e Flamengo fazem clássico pela reabilitação

O clássico deste domingo tem tudo para ser emocionante e tenso. O Flamengo não vence há oito partidas, está muito pressionado e o técnico Vanderlei Luxemburgo tem o seu trabalho questionado no clube. Já o Botafogo tem de se recuperar da goleada sofrida para o Coritiba por 5 a 0, em Curitiba, na última rodada. Situados na parte de cima da tabela de classificação do Campeonato Brasileiro, os dois times acreditam no título e encaram o jogo das 16 horas, no Engenhão, pela 24.ª rodada, como uma decisão.

BRUNO LOUSADA, Agência Estado

18 de setembro de 2011 | 07h44

Em uma tentativa de dividir responsabilidade, Luxemburgo ressaltou durante a semana que o Botafogo também vive um momento complicado. Citou que o rival alvinegro "perdeu de cinco" no último domingo e que, a exemplo do Flamengo, enfrenta forte cobrança. "É clássico, tudo pode acontecer", disse o técnico rubro-negro.

O Flamengo teve a semana livre, mas ela poderia ter sido mais proveitosa. Na segunda e na terça-feira, o time ganhou folga. Além disso, quinta e sexta Luxemburgo não trabalhou com a força máxima. Nestes dois dias, Ronaldinho Gaúcho e Renato, que atuaram pela seleção brasileira na quarta, no amistoso contra a Argentina, em Córdoba, fizeram apenas exercícios leves, sem bater bola com os demais companheiros.

No Botafogo, a ordem é respeitar o rival acima de tudo, embora esteja em má fase, e tratar de dar a volta por cima. O time alvinegro quer provar para a sua torcida que a goleada para o Coritiba foi um acidente de percurso que não vai mais ocorrer neste Brasileirão.

Ele promete armar uma equipe corajosa, ofensiva e que valorize a posse de bola. "Quero que o torcedor venha confiante, pois vamos fazer de tudo para ganhar", emendou, certo de que o seu discurso é o mesmo dos jogadores.

O Botafogo tem um desfalque importante: o meia Elkeson, um dos destaques da equipe, está suspenso. Felipe Menezes é o favorito para ficar com a vaga. No Flamengo, a torcida espera que Ronaldinho Gaúcho esteja em um dia inspirado. O craque ainda não fez em gol em clássico pelo clube da Gávea.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.