Wilton Júnior/AE - 21/2/2010
Wilton Júnior/AE - 21/2/2010

Botafogo e Flamengo fazem o clássico no Engenhão

Técnico Joel Santana não vê adversário deste domingo, às 19 horas, como favorito para a partida

Leonardo Maia, Agencia Estado

21 de março de 2010 | 08h50

Não diga para Joel Santana que o Flamengo vem de uma derrota na Copa Libertadores e passa por momento turbulento fora de campo, com os astros Vágner Love e Adriano às voltas com problema policiais. Para o técnico do Botafogo, a equipe da Gávea é o melhor time do Brasil no momento, mas nem por isso é a favorita para o clássico deste domingo, às 19h30, no Engenhão, pela quinta rodada da Taça Rio.

"O Flamengo é a melhor equipe brasileira no momento, mas todos têm a mesma responsabilidade em um clássico. Jogo assim é sempre indefinido, e nós estamos em um bom momento. Precisamos tomar cuidado com o ataque deles, que é muito forte. Uma vitória nos daria tranquilidade para a sequência da competição", comentou Joel, se desviando de entrar nas polêmicas que pululam no território rival.

Do lado rubro-negro, a ordem também é tentar ignorar as questões que não dizem respeito ao futebol. O técnico Andrade está mais preocupado em antecipar como Joel armará seu time sem Loco Abreu. O atacante uruguaio foi expulso na vitória sobre o Olaria e não joga.

"Sem o Abreu, muda o jeito deles jogarem porque o Botafogo não tem outro jogador com essa característica de bola aérea", avaliou Andrade. "Mas conhecendo o Joelzinho, acho que não vai fugir das suas características", disse, em referência ao fato de esperar um Botafogo fechado na defesa, com marcação forte e tentando explorar os erros do adversário.

Mesmo com a liderança do Grupo A, com 12 pontos, e a Libertadores entrando em suas rodadas finais de classificação, o treinador rubro-negro não vai poupar nenhum titular. Apenas Juan, suspenso, e Leonardo Moura, machucado, não vão a campo. Vágner Love chegou a reclamar de dores no pé esquerdo na sexta-feira, mas não preocupa.

O Botafogo também tem problema na lateral direita. Jancarlos se machucou pela Copa do Brasil e o reserva Alessandro está fora de forma. Os volantes Somália e Sandro Silva disputam a vaga. "Só vou definir no dia do jogo", disse Joel, que já determinou o jovem Caio como substituto de Abreu. Herrera terá a função de jogar mais centralizado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.