Fluminense/Divulgação
Fluminense/Divulgação

Botafogo e Fluminense recorrem ao STJD para não jogarem na segunda-feira

Equipes acionam esfera esportiva nacional e exigem mais tempo de preparação para voltarem a jogar

Redação, Estadão Conteúdo

19 de junho de 2020 | 15h59

Botafogo e Fluminense cumpriram a ameaça e recorreram ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), nesta sexta-feira, para não entrarem em campo pelo Campeonato Carioca ainda no mês de junho, por causa da pandemia do coronavírus, após determinação da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj).

Os clubes recorreram à esfera nacional após terem seus pedidos indeferidos no Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD-RJ) na quinta-feira e planejam ir à Justiça comum, se forem esgotadas as esferas desportivas. A decisão do STJD deve sair ainda nesta sexta-feira.

Os dois clubes querem ao menos dez dias de preparação antes de voltar a jogar. As diretorias querem adiar os jogos previstos na Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca, dos dias 22 e 24 de junho para 1.º e 4 de julho. Os clubes temem pela integridade física dos atletas. O Botadfogo voltou aos treinos na quarta e o Fluminense apenas nesta sexta-feira.

Restam duas rodadas para o fim da fase de grupos da Taça Rio. O Botafogo é o quarto colocado do Grupo A com quatro pontos, empatado com o Bangu, em terceiro, e dois atrás do Boavista, em segundo, posição que vale a última vaga da chave.

O Fluminense lidera o Grupo B com nove pontos e pode garantir vaga direto para a final do campeonato por ter a melhor campanha geral, pois soma no total 24 pontos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.