Botafogo é mais um a anunciar pedido de desfiliação do Clube dos 13

O principal motivo que levou o clube a deixar a entidade foi a negociação dos direitos de transmissão

AE, Agência Estado

25 de março de 2011 | 20h32

O Botafogo tornou público nesta sexta-feira que, um dia antes, enviou ao Clube dos 13 um pedido de desfiliação da entidade criada para defender os interesses dos maiores clubes do País. O motivo do rompimento é a venda dos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro a partir de 2012.

No começo do mês, o Botafogo já havia enviado carta ao Clube dos 13 revogando a autorização para que este negociasse em nome do clube. Isso não impediu, porém, que a entidade assinasse a venda dos direitos de transmissão com a RedeTV!, vencedora da licitação aberta pela associação, alegando estar fazendo isso em nome de 15 de seus associados, inclusive o Botafogo.

O Clube dos 13 alegou na ocasião que o clube carioca, ao pedir um empréstimo a um banco, deu como garantias parte das cotas a que teria direito pela transmissão do Brasileirão no próximo triênio. E, para conseguir a carta de garantia da entidade, o Botafogo, entre outros clubes, assinou documento autorizando o Clube dos 13 a negociar em nome dele.

O Botafogo, por sua vez, usa a Constituição para alegar que "ninguém poderá ser compelido a associar-se ou a permanecer associado". Uma vez fora do Clube dos 13, este não tem mais o direito de falar ou negociar em nome do clube carioca.

Para a direção botafoguense, o Clube dos 13 foi criado para negociar coletivamente os direitos de transmissão de jogos do Campeonato Brasileiro. Uma vez que ele não representa mais o clube, não há motivos para que o Botafogo continue associado.

A carta, assinada pelo presidente Mauricio Assumpção Souza Junior, comunica ainda ao Clube dos 13 que o departamento financeiro do Botafogo "vai realizar levantamento de eventuais pendências financeiras junto a essa instituição para as providências necessárias".

Com o racha no Clube dos 13, a maioria dos clubes está negociando individualmente com a Rede Globo os direitos de transmissão do Brasileirão. Esse é o caso de Corinthians, Vasco, Santos, Cruzeiro e Grêmio, entre outros, caminho que também deve ser seguido pelo Botafogo.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolClube dos 13Botafogo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.