Botafogo e Marília empatam por 2 a 2

O Botafogo empatou com o Marília, por 2 a 2, e perdeu para o Palmeiras a liderança da Série B do Campeonato Brasileiro, neste domingo à tarde, no Caio Martins. O Alvinegro saiu na frente do placar, mas cedeu o empate à equipe paulista, que soube suportar a pressão do adversário e assegurar o resultado. Logo aos quatro minutos do primeiro tempo, o atacante Dill recebeu um cruzamento do lateral-esquerdo Jorginho Paulista, pela direita, e marcou o gol do Alvinegro. A resposta do Marília aconteceu quatro minutos depois, quando os torcedores cariocas ainda festejavam a vantagem parcial no marcador. O zagueiro Andrei chutou a bola da intermediária, o goleiro Max, do Botafogo, rebateu para a área e o também zagueiro Romildo tocou de esquerda e empatou a partida. A igualdade no placar deu mais tranqüilidade aos jogadores paulistas que passaram a explorar os contra-ataques. No segundo tempo, o Botafogo por atuar em casa, adotou uma formação mais ofensiva. A necessidade da vitória, no entanto, fez com que o time atacasse e se descuidasse na defesa. Aos 18 minutos, o juiz Antônio Hora Filho marcou um pênalti para o Alvinegro, atendendo a uma sinalização de seu auxiliar João Ribeiro Magalhães, que viu Romildo agredir o atacante Leandrão em uma lance sem bola. Depois de seis minutos de paralisação e a expulsão equivocada do zagueiro Vladimir, apontado como o agressor, Leandrão cobrou a infração e o goleiro Mauro defendeu. Em desespero, os jogadores alvinegros passaram a atacar em bloco, o que permitiu o atacante Camanducaia marcar o segundo gol do Marília em nova falha defensiva do Botafogo, aos 34 minutos. O empate do Botafogo aconteceu aos 36 minutos, em novo pênalti cometido sobre Leandrão. Desta vez, por ordem do técnico do Botafogo, Levir Culpi, Dill foi o cobrador e marcou. Após o resultado, os jogadores alvinegros ainda tentaram obter a vitória, mas não conseguiram superar o bloqueio defensivo do Marília. Ao final da partida, o presidente do Botafogo, Bebeto de Freitas, agrediu verbalmente o juiz, chamando-o de ?sem vergonha?. O dirigente estava irritado porque o árbitro determinou cinco minutos de acréscimo no tempo normal, mas concedeu somente quatro. Com o resultado, o Botafogo totalizou 32 pontos na tabela de classificação, o mesmo número do Palmeiras, que é o líder da Série B, porque tem um gol de vantagem no saldo de gols, 18 contra 17. O Marília somou 25 pontos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.