Botafogo e São Caetano ficam no empate no Anacleto Campanella

Time do ABC soma quatro jogos de invencibilidade, com 14 pontos. Equipe de Ribeirão Preto soma 16

Estadão Conteúdo

08 Março 2018 | 21h26

O São Caetano recebeu o Botafogo na noite desta quinta-feira, no Estádio Anacleto Campanella, e não saiu de um empate sem gols, pela penúltima rodada do Campeonato Paulista.

+ Confira a tabela do Campeonato Paulista

O time do ABC Paulista, que já soma quatro jogos de invencibilidade segue na segunda colocação do Grupo B, com 14 pontos. Já o Botafogo é o vice-líder do Grupo D, com 16.

Sem o artilheiro Bruno Moraes, vetado por dores na coxa, o Botafogo ficou sem seu poderio ofensivo e acabou se tornando presa fácil para o São Caetano, que precisava de um pouco mais de esforço para abrir o marcador.

A primeira grande chance surgiu aos 35 minutos, quando Chiquinho levantou a bola na cabeça de Sandoval. O defensor subiu sozinho e mandou no travessão. Antes do apito final, Alex Reinaldo cruzou, ninguém desviou e a bola ficou no poste.

O Botafogo voltou mais ligado para o segundo tempo e enfim conseguiu ameaçar o São Caetano. Aos 11 minutos, Dodô cobrou falta para dentro da área e Max ia fazendo gol de joelho. O árbitro, no entanto, pegou impedimento de ataque e anulou o lance.

Mesmo assim, o Botafogo continuou melhor, pressionando o adversário. Aos 26 minutos, foi a vez de Paes salvar o São Caetano ao fazer uma grande defesa na tentativa de Dodô. A resposta veio com Ferreira, mas Tiago espalmou.

O Botafogo esboçou uma pressão nos minutos finais, mas o São Caetano acabou se segurando bem para sair com o empate.

Na última rodada, o Botafogo enfrenta o Corinthians no domingo, às 17h, no Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto. No mesmo dia e horário, o São Caetano visita o Bragantino no Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista.

FICHA TÉCNICA:

SÃO CAETANO 0 x 0 BOTAFOGO

SÃO CAETANO - Paes; Alex Reinaldo, Sandoval, Max e Bruno Recife; Vinícius Kiss, Ferreira (Esley), Chiquinho e Niltinho (Nonato); Diego Rosa e Erminio (Stéfano Yuri). Técnico: Pintado.

BOTAFOGO - Tiago Cardoso; Lucas Taylor, Plínio, Carlos Henrique e Mascarenhas; Serginho (Marcos Martins), Walfrido, Diones, Danielzinho (Wesley) e Dodô; Jheimy (Cafu). Técnico: Léo Condé.

CARTÕES AMARELOS - Vinícius Kiss e Chiquinho (São Caetano); Serginho e Mascarenhas(Botafogo).

ÁRBITRO - Luiz Flávio de Oliveira.

RENDA - R$ 14.570,00.

PÚBLICO - 1.882 pagantes.

LOCAL - Estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.