Botafogo em paz e contente com a volta do goleiro Roger

Equipe se prepara para enfrentar o Juventude e conta com o retorno do goleiro Roger, recuperado de lesão no ombro

25 de outubro de 2007 | 19h50

Depois da boa vitória contra o Sport, que aliviou a pressão em General Severiano e interrompeu seqüência de cinco derrotas, o Botafogo ganhou uma semana de paz em preparação para o jogo de domingo, contra o Juventude, 19.º colocado do Campeonato Brasileiro e virtual rebaixado para a Segunda Divisão, em Caxias do Sul.   "É muito difícil enfrentar o Juventude no Alfredo Jaconi. Eles não desistem nunca. O campo está sempre pesado. Segurar os primeiros 15 minutos é fundamental", alerta o gaúcho Leandro Guerreiro.   Enquanto treina para a partida, o elenco vive clima de fim de feira, com as notícias cada vez freqüentes de saída e dispensa de jogadores. O atacante Dodô, autor de 31 gols nesta temporada, rebateu informações de que já teria assinado com o Fluminense, apesar de admitir que não irá renovar com o Alvinegro, e garante que só pensa nos seis jogos que faltam para o termino do torneio.   "Não existe nada de acerto com time algum. Quero terminar da melhor forma possível o meu contrato com o Botafogo. Sondagens e especulações são normais em final de temporada."   Em compensação, o goleiro Roger, contratado junto ao Santos para ser o titular, se recuperou de uma lesão no ombro esquerdo e está confirmado na equipe. "Estou acostumado a lidar com lesões, e passei por mais uma. O bom é que estou pronto para voltar."

Tudo o que sabemos sobre:
Brasileirão Série ABotafogo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.