Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Botafogo encara a líder Ponte Preta

Em Itu, cidade do interior de São Paulo onde o Botafogo treinou por quatro dias na semana passada, jogadores e comissão técnica fizeram um trato: o Alvinegro precisava vencer os três próximos jogos para voltar a brigar pela primeira colocação no Campeonato Brasileiro. O desafio inicial foi cumprido com perfeição: triunfo sobre o Coritiba, fora de casa, no domingo. O segundo passo é superar a líder Ponte Preta nesta quarta-feira, às 19h30, no Estádio Luso-Brasileiro. "A seqüência de bons resultados serve para que os jogadores retomem a confiança e estabeleçam de novo o ambiente de conquista. Temos que dar continuidade ao trabalho de recuperação na tabela, derrotando Ponte Preta e Brasiliense no Rio", declarou o técnico Péricles Chamusca, ciente de que, mesmo com o mando de campo, o Botafogo não é favorito. Na Ponte Preta, a missão é manter a liderança do campeonato. Mesmo diante das dificuldades de se atuar fora de casa, o clima é de confiança entre os ponte-pretanos. A sorte também tem ajudado e, pela terceira vez seguida, Vadão poderá escalar a mesma formação. O time jogará no esquema 4-5-1, com a preocupação de não ser tão defensivo. "Precisamos marcar forte e imprimir velocidade na saída de bola", revela o técnico. Sem tempo para treinar, a comissão técnica optou por realizar treinos leves neste início de semana, além de uma dose exagerada de recomendações. "Começa por manter a humildade e garra, além dos cuidados que merece o adversário", diz o auxiliar-técnico Gersinho, figura cada vez mais presente no grupo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.