Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo

Botafogo encara jogo com Vitória como confronto direto

Apesar da vice-liderança, os jogadores sabem que precisam garantir a vaga na Libertadores

AE, Agência Estado

15 de outubro de 2013 | 15h53

SÃO PAULO - O Botafogo está em segundo lugar no Brasileirão, 10 pontos atrás do líder Cruzeiro (59 a 49). Apesar de ainda sonhar com o título, o clube carioca também espera confirmar sua vaga na próxima edição da Libertadores. Por isso mesmo, encara o jogo contra o sexto colocado Vitória, na quinta-feira, em Salvador, como um confronto direto pela vaga no G4.

"Se nós vencermos, a distância para eles, pelo menos para a Libertadores, aumenta", lembrou o volante Marcelo Mattos, consciente de que o Botafogo tem hoje nove pontos de vantagem sobre o Vitória (49 a 40).

Por ser um confronto direto por essa vaga no G4, Marcelo Mattos disse esperar um "jogo muito difícil" no Barradão, principalmente porque o Vitória estará em casa, ao lado de seu torcedor. "Eles vão jogar com o apoio da torcida, mas a torcida não segura a perna de nenhum jogador dentro de campo", disse o volante do Botafogo.

Ganhar o clássico contra o Flamengo no último domingo também deu motivação extra ao Botafogo. "A gente vai procurar fazer o máximo, voltar a fazer grandes partidas e dar sequência nas vitórias, que é o mais importante nesta reta final de campeonato", aviso Marcelo Mattos.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBotafogoMarcelo Mattos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.