Arquivo/AE
Arquivo/AE

Botafogo enfrenta o Duque de Caxias com seriedade

Bem cotado para chegar à semifinal, time de Ney Franco pega o vice-lanterna do Grupo C

AE, Agencia Estado

22 de março de 2009 | 09h08

O alerta partiu do técnico Ney Franco. O Botafogo não deve entrar em campo neste domingo, às 16 horas, para o jogo contra o Duque de Caxias, no Engenhão, com a autoridade de quem é o grande favorito. O time da Baixada Fluminense ainda não ganhou ponto na Taça Rio e corre risco de descenso - uma situação curiosa, uma vez que o Caxias conseguiu o acesso à Série B do Campeonato Brasileiro.

Veja também:

tabela Estadual do Rio 2009 - Classificação / Resultados / Calendário

link Fred decide, e Fluminense bate Bangu de virada

Já o Botafogo está bem cotado para chegar à semifinal do segundo turno e pode dar um passo importante neste sentido se superar o adversário. "Ninguém vence de véspera", disse Ney Franco. Ele não poderá contar com o volante Léo Silva, suspenso. O atleta será substituído por Batista. No ataque, Victor Simões está confirmado ao lado de Reinaldo.

Victor tem se transformado na grande atração do time nas últimas rodadas, desde que começou a comemorar os gols imitando coreografias do ex-atacante do clube Donizete, conhecido como o "Pantera". "Eu me sinto em casa no Botafogo, estou plenamente identificado com o clube e sua torcida", disse Victor Simões.

No Duque de Caxias, o técnico Carlos Cesar estreia de olho na tabela e nos demais resultados da rodada. Ele sabe que sua equipe precisa reagir o mais rápido possível se quiser deixar para trás o risco do rebaixamento. O problema do Caxias é que o time é fraco.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.