Botafogo espera fazer valer força do Engenhão

Equipe carioca faz confronto com adversário direto pelo G4 em casa

AE, Agência Estado

18 de setembro de 2010 | 08h23

O Botafogo conta com o apoio da torcida e também com o retrospecto no Engenhão para derrotar neste sábado o Cruzeiro e seguir no encalço dos líderes do Campeonato Brasileiro. O jogo, às 18h30, é encarado pelo time carioca como uma grande oportunidade de reabilitação depois da goleada sofrida na última quarta-feira para o Goiás, quando perdeu por 4 a 1.

 

 

 

Veja também:

linkCruzeiro busca sua sexta vitória seguida

O técnico Joel Santana ressaltou que o Botafogo, na quarta posição do Brasileirão, tem conseguido neste ano levar em média 20 mil torcedores por partida quando atua em casa e acredita que isso terá peso contra o Cruzeiro. No Engenhão, o time carioca já jogou 11 vezes pela competição, sendo que obteve cinco vitórias e seis empates.

A invencibilidade é fator de motivação no clube, mas Joel alertou o grupo sobre o gosto de derrota na eventualidade de um empate contra o Cruzeiro, terceiro colocado do Brasileiro. "É um jogo de duas equipes que não pensam somente em figurar no G-4, mas em alcançar Corinthians e Fluminense. O Cruzeiro tem uma estrutura boa e sabe disputar o Brasileiro. Superar um adversário desse porte é passar o problema para os outros, dar responsabilidade aos rivais", declarou o treinador.

A boa notícia para o Botafogo é que Somália volta ao meio-de-campo, possivelmente na vaga de Lúcio Flávio. Joel também poderá contar com Herrera, recuperado de contusão, mas deve deixar o atacante argentino como opção entre os reservas.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato BrasileiroBotafogo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.