Botafogo esquece Carioca e já pensa na Portuguesa

Animados pela vitória sobre o Flamengo, jogadores esperam uma boa partida em São Paulo

Agência Estado,

14 de abril de 2008 | 20h32

Não houve nem tempo para comemorar a boa vitória por 3 a 0 sobre o Flamengo, que credenciou o Botafogo a decidir a Taça Rio com o Fluminense. Em General Severiano, a prioridade do técnico Cuca nesta segunda-feira foi voltar a concentração dos jogadores para a Portuguesa, adversária desta quarta-feira, em São Paulo, pela Copa do Brasil. Veja também: Diogo pode reforçar a Portuguesa contra o Botafogo "Não tem nem o que comemorar. Na terça (amanhã), viajamos para São Paulo para enfrentar a Portuguesa. Ainda não ganhamos nada", disse o treinador alvinegro, que admitiu certo desconhecimento das virtudes e falhas do adversário. "Não temos um conhecimento profundo porque não os vemos atuar regularmente. Por isso, teremos que nos preparar em dobro", comenta Cuca, que vê a Portuguesa em ligeira vantagem por ter mais tempo de preparação para o duelo. "Eles vêm se preparando para essa partida já há algum tempo". Eliminada precocemente no Paulistão, a Portuguesa não atuou no fim de semana. Um desfalque praticamente certo é o meia Lúcio Flávio. Ele jogou com dores contra o Flamengo e reclamou do desconforto depois da vitória. Como a decisão da Taça Rio é prioridade (apesar de os botafoguenses não admitirem), o jogador deverá ser poupado. "O Lúcio nem sequer treinou para pegar o Flamengo. Ele não está no seu melhor", admite Cuca.

Tudo o que sabemos sobre:
BotafogoCopa do BrasilPortuguesa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.