Fábio Castro/Divulgação
Fábio Castro/Divulgação

Botafogo esquece liderança e pensa na Copa do Brasil

Zagueiro Bolívar acredita que nada será decidido na primeira partida contra o Atlético-MG

AE, Agência Estado

19 de agosto de 2013 | 20h33

RIO - O Botafogo tem uma missão difícil nos próximos dias. Mais difícil do que permanecer na liderança do Campeonato Brasileiro. Pelo menos até quinta-feira, os botafoguenses precisam esquecer que lideram os pontos corridos para se concentrar no mata-mata da Copa do Brasil, pela qual enfrentam o Atlético-MG, nas oitavas de final.

"Um tempo atrás falei que precisamos tirar o foco do Brasileiro e passar para a Copa do Brasil. São competições distintas. Mas nada será decidido no primeiro jogo", comentou o zagueiro Bolívar, à Rádio Brasil. "São 180 minutos para a classificação. Temos que vencer (quinta-feira) sem sofrer gols", disse o defensor, prevendo um jogo tão intenso quanto o 2 a 2 entre os times, pelo Brasileiro.

Um tema central no Botafogo nesta segunda foi a ríspida discussão entre Seedorf e Gilberto. O veterano meia chamou a atenção do jovem lateral. Os botafoguenses tentaram minimizar o episódio.

"Uma equipe que quer ser vencedora tem que ser cobrada. Num campo de futebol a repercussão é maior, ainda mais com o Seedorf. Ele quis mostrar ao árbitro que ele estava tomando conta da situação", argumentou Bolívar.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBotafogoCopa do Brasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.