Luciano Belford/SSPress
Luciano Belford/SSPress

Botafogo falha muito e perde para o Paysandu no Engenhão

Alvinegro perde chance de voltar à liderança com derrota por 3 a 2

Estadão Conteúdo

23 de agosto de 2015 | 13h29

O Botafogo sonhava em assumir a liderança do Campeonato Brasileiro da Série B, mas esqueceu de avisar o Paysandu, que numa partida muito boa taticamente, venceu na manhã deste domingo, no Engenhão, no Rio de Janeiro, por 3 a 2, na abertura do returno. Mesmo com a presença de 23 mil torcedores, recorde de público do time carioca em casa, o futebol não foi bom e com falhas no sistema defensivo, os anfitriões acabaram sendo derrotados.

Com os três pontos, o Paysandu chegou aos 33 pontos, em sexto, encostando novamente na briga pelo G4 - zona de acesso. Por sua vez, o Botafogo ficou em segundo, com 36, um atrás do Vitória, que segue na ponta mesmo tendo perdido, sábado, por 1 a 0, para o Sampaio Corrêa.

O Botafogo começou a mil por hora, tentando de todo lado chegar ao primeiro gol. Aos 17 minutos, quase fez com Neilton, que foi lançado, invadiu a área e bateu rente a trave do gol de Emerson. Aos 20 minutos, houve a parada para hidratação e o Paysandu voltou arrasador. Aos 26, a defesa do Botafogo falhou e a bola sobrou para Yago Pikachu, que, na área, bateu cruzado na saída errada de Jefferson, que foi mal no lance.

Não deu nem tempo de respirar e a defesa do Botafogo falhou mais uma vez, aos 28 minutos. Pikachu fez bom lançamento para Thiago Martins. A defesa parou pedindo impedimento e o zagueiro bateu cruzado, desta vez sem chances para Jefferson.

Dois minutos depois, Neilton teve uma boa chance, mas Emerson evitou. No rebote, a bola sobrou para Carletto, que, sem goleiro, bateu por cima, perdendo uma grande chance. No finalzinho, num forte chute de fora da área, Giaretta acertou o poste. Parecia não ser mesmo o domingo de sorte do Botafogo.

O time carioca voltou pressionando no segundo tempo, mas não conseguia levar tanto perigo. Melhor para o Paysandu, que segurava a vitória parcial. No entanto, aos 18 minutos, brilhou a estrela de Daniel Carvalho. Após bate e rebate, Luis Henrique ajeitou para o meia, que só tocou para o gol aberto.

Mas não deu tempo dos torcedores comemorarem, já que aos 19 minutos o Paysandu ampliou. Num rápido contra-ataque, Jhonnatan foi lançado, invadiu a área e bateu cruzado, no ângulo de Jefferson. O Botafogo tentou de todo jeito diminuir o placar e aos 36 minutos conseguiu numa bola parada. Após cruzamento, a bola foi desviada e sobrou para Sassá, que na pequena área só tocou de cabeça para o gol.

No final, o time carioca pressionou e só não teve um pênalti a seu favor por um impedimento mal marcado pelo assistente. O árbitro havia assinalado a falta dentro da área, mas voltou atrás por conta da marcação do assistente. Manhã azarada botafoguense.

O Botafogo joga na próxima sexta-feira contra o CRB, às 21 horas, em Maceió. Já no sábado, no Mangueirão, o Paysandu recebe o Bragantino, às 16h30. Antes disso, no meio da semana, pela Copa do Brasil, o time paraense pega o Fluminense, em Belém, tentando reverter a derrota por 2 a 1 no Rio.

FICHA TÉCNICA:

BOTAFOGO 2 x 3 PAYSANDU

BOTAFOGO - Jefferson; Luis Ricardo, Renan Fonseca, Diego Giaretta e Thiago Carletto; Serginho (Camacho), Willian Arão, Daniel Carvalho e Elvis (Diego Jardel); Neilton (Sassá) e Luis Henrique. Técnico: Ricardo Gomes.

PAYSANDU - Emerson; Yago Pikachu (Augusto Recife), Pablo, Thiago Martins e João Lucas; Ricardo Capanema, Jhonnatan, Fahel e Valdívia (Carlinhos); Aylon (Wellinton Junior) e Leandro Cearense. Técnico: Dado Cavalcante.

GOLS - Yago Pikachu, aos 26, e Thiago Martins, aos 28 minutos do primeiro tempo. Daniel Carvalho, aos 18, Jhonnatan, aos 20, e Sassá, aos 36 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Andre Luiz de Freitas Castro(GO).

CARTÕES AMARELOS - Serginho (Botafogo); Thiago Martins, Ricardo Capanema e Jhonnatan (Paysandu).

RENDA - R$ 610.035,00.

PÚBLICO - 23.805 (total) 21.605 (pagantes).

LOCAL - Estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie BBotafogoPaysandu

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.