Vitor Silva/SSPress/Botafogo
Vitor Silva/SSPress/Botafogo

Botafogo faz a lição de casa, bate o Resende e se classifica às semis da Taça Rio

Sassá marca duas vezes e comanda vitória que dá classificação aos botafoguenses

Estadão Conteudo

02 de abril de 2017 | 18h34

O Botafogo não só garantiu a sua classificação à semifinal da Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca, como também a vantagem do empate no próximo confronto. Neste domingo, pela sexta e última rodada da fase, o time do técnico Jair Ventura venceu o Resende por 3 a 2, no estádio do Engenhão, no Rio.


Com o resultado, o Botafogo terminou a Taça Rio na primeira posição do Grupo B, com 13 pontos, e se classificou para as semifinais. O confronto será diante do Fluminense, com mando de campo e vantagem do empate para os botafoguenses. O Resende terminou na quinta colocação do Grupo C, com quatro pontos.



O Botafogo começou mostrando que iria atrás dos três pontos. Logo aos 14 minutos, Rodrigo Pimpão invadiu pela esquerda e chutou forte. Arthur fez boa defesa e no rebote Roger não conseguiu chegar na bola. Três minutos depois, o goleiro do Resende precisou trabalhar mais uma vez fazendo a intervenção após finalização de Bruno Silva de fora da área.


O gol do time mandante saiu em uma bola parada. Camilo cobrou o escanteio aos 30 minutos e Renan Fonseca ganhou pelo alto. A bola seria defendida por Arthur, mas Rodrigo Lindoso desviou antes e tirou qualquer tentativa do goleiro.


A única oportunidade do Resende na primeira etapa aconteceu aos 35 minutos. Em uma cobrança de falta de muito longe, Marcel chutou colocado e a bola foi na direção do ângulo, mas o goleiro Gatito Fernández conseguiu espalmar em escanteio.


No segundo tempo, o time de Jair Ventura continuou melhor. Aos 13 minutos, Victor Luis subiu bem pela esquerda e caprichou no cruzamento. Roger estava de frente para a baliza, mas cabeceou mal e desperdiçou grande chance.


Tudo parecia sob controle para o Botafogo, quando o Resende acertou um rápido contra-ataque e empatou a partida aos 21 minutos. Jhulliam encontrou Pingo bem posicionado dentro da área. O atacante recebeu de frente para o gol e não desperdiçou em um chute cruzado.


O final do jogo, porém, escolheu um destino vitorioso para o Botafogo. Aos 40 minutos, Rodrigo Pimpão foi derrubado dentro da área e Sassá concluiu o pênalti para o fundo das redes. Um minuto depois, o mesmo atacante recebeu o cruzamento e arrematou de primeira para fazer o seu segundo na partida e terceiro do clube alvinegro. No último lance, o Resende diminuiu. Robinho cobrou o escanteio e Thiago Salles desviou de cabeça, sem chances de defesa.


FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO 3 x 2 RESENDE

BOTAFOGO - Gatito Fernández; Marcinho (Fernandes), Renan, Emerson Silva e Victor Luis; Rodrigo Lindoso, Bruno, Camilo (Guilherme) e Montillo; Rodrigo Pimpão e Roger (Sassá). Técnico: Jair Ventura.

RESENDE - Arthur; Muriel, Marcelo Costa, Thiago Sales e Dieyson; Chacal, Vitinho (Lohan), Léo Silva e Marcel (Robinho); Pingo (Vandinho) e Jhulliam. Técnico: Ademir Fonseca.

GOLS - Rodrigo Lindoso, aos 30 minutos do primeiro tempo; Pingo, aos 21, Sassá, aos 40 (pênalti) e aos 41, e Thiago Salles, aos 47 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Emerson Silva e Rodrigo Pimpão (Botafogo); Chacal e Robinho (Resende).

ÁRBITRO - Carlos Eduardo Nunes Braga.

RENDA - R$ 91.610,00.

PÚBLICO - 8.620 pagantes.

LOCAL - Estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.