Botafogo fecha acordo com empresa para auditar contas de ex-presidente

O Botafogo anunciou nesta quinta-feira que fechou uma parceria para auditar as contas do ex-presidente Maurício Assumpção. O clube chegou a um acordo com a EY para investigar processos, documentações e contas do período em que foi comandado pelo ex-dirigente.

Estadão Conteúdo

07 de janeiro de 2016 | 13h33

O clube explicou que a iniciativa aconteceu porque Assumpção teve suas contas relativas ao ano fiscal de 2014 reprovadas pelo conselho deliberativo. "Em virtude de atos temerários cometidos durante sua administração, (Maurício Assumpção) encontra-se respondendo a processo ético perante os órgãos competentes do clube", explicou em nota.

O Botafogo prometeu esforço para avaliar os erros cometidos durante a gestão de Maurício Assumpção e as supostos fraudes que teriam gerado a crise econômica do clube, que acabou rebaixado à Série B do Campeonato Brasileiro em 2014 em meio a uma grave situação financeira. Somente após a queda o atual presidente, Carlos Eduardo Pereira assumiu.

"A diretoria do Botafogo não medirá esforços para responsabilizar, civil e penalmente, todos os indivíduos que contribuíram negativamente com a criação e crescimento da dívida do clube, e a parceria com a EY reforça e solidifica o compromisso com o completo saneamento administrativo e fiscal do Botafogo, de forma a fazer dele, novamente, um gigante do desporto brasileiro", afirmou o clube.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBotafogoauditoria

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.