Botafogo festeja vantagem e atuação dos reservas na Copa do Brasil

O Botafogo não deixou Capivari, no interior paulista, classificado para a terceira fase da Copa do Brasil, mas mesmo assim ficou satisfeito com a vantagem obtida para o duelo de volta, que está marcado para 6 de maio, com a vitória por 2 a 1 sobre o Capivariano. Autor do primeiro gol da partida, Sassá lembrou que os reservas superaram a falta de entrosamento e conseguiram o triunfo.

Estadão Conteúdo

30 de abril de 2015 | 09h33

"Fiquei bastante satisfeito pelo gol e também por conseguir essa vitória. Foi um jogo muito difícil e nosso time nunca havia jogado junto, mas conseguimos compreender o que o Alfredo (Alfredo Montesso, auxiliar técnico do Botafogo) nos passou e saímos daqui com uma boa vitória", disse.

Na avaliação de Sassá, os reservas do Botafogo deixaram boa impressão ao técnico René Simões e podem receber novas chances. "O jogo foi muito difícil, ainda mais por nunca termos jogados juntos. Creio que o René assistiu o jogo e ficou satisfeito com tudo que fizemos aqui", afirmou.

Após o duelo com o Capivariano, o Botafogo se concentra de vez na finalíssima do Campeonato Carioca. Após perder o primeiro jogo por 1 a 0, o time precisa reverter a vantagem do Vasco no próximo domingo, no Maracanã.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCopa do BrasilBotafogoSassá

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.