Botafogo ganha de virada do Oeste e entra no G-4

O Botafogo está provisoriamente de volta ao G-4 do Campeonato Paulista. Na tarde deste sábado, o time de Ribeirão Preto recebeu o Oeste e ganhou de virada, por 2 a 1, no Estádio Santa Cruz. Assim, chegou aos 25 pontos, assumindo a terceira posição - os visitantes permaneceram com 15.

AE, Agencia Estado

13 de março de 2010 | 19h21

O primeiro tempo teve maior parte de domínio do Botafogo, mas foi o Oeste quem saiu na frente. Aos 34 minutos, Ricardo Bueno recebeu do lado esquerdo e chutou cruzado. A bola foi no ângulo do goleiro Wéverton: 1 a 0. Esse foi o nono gol do jogador, que é vice-artilheiro do Paulistão, com um gol a menos que Rodriguinho, do Santo André.

O Botafogo voltou do intervalo com vontade de vencer. O empate veio aos 15 minutos, quando Ademir Sopa cobrou falta para dentro da área, a bola passou por todo mundo e morreu no canto esquerdo do goleiro Neneca.

Quando o empate já era dado como certo, o time da casa chegou à vitória aos 44 minutos. Jonas cruzou e o zagueiro Paulo Miranda marcou gol contra na tentativa de mandar a bola para a linha de fundo.

O Botafogo voltará a campo no próximo domingo, quando encara o Paulista em Jundiaí. No mesmo dia, o Oeste visita o São Caetano pela 15ª rodada do Paulistão.

FICHA TÉCNICA:

Botafogo 2 x 1 Oeste

Botafogo: Wéverton; Jonas, Cleiton, Leandro Amaro e Vando (Jackson); Rodrigo Pontes (Washington), Augusto Recife, Ademir Sopa e João Henrique; William (André Neles) e Ricardinho. Técnico - José Galli Neto.

Oeste: Neneca; Paulo Miranda, Adriano e Cris (Rogério); Wilton Goiano, Dionísio, Rivaldo, Kléber (Gláucio) e Mário; Ricardo Bueno e Mazinho. Técnico - João Ricardo.

Gols: Ricardo Bueno, aos 34 minutos do primeiro tempo; Ademir Sopa, aos 15, e Paulo Miranda (contra), aos 44 minutos do segundo tempo.

Árbitro: Élcio Paschoal Borborema.

Cartões amarelos: Rodrigo Pontes, Augusto Recife, Jonas, Ricardo Bueno, Mário e Paulo Miranda.

Renda: R$ 54.740,00.

Público: 2.898 pagantes.

Local: Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.