Reprodução
Reprodução

Botafogo bate Vitória com gol no fim e dispara na liderança da Série B

Sassá marcou aos 49 minutos do segundo tempo

Estadão Conteúdo

05 de setembro de 2015 | 17h17

O Botafogo ampliou a sua vantagem na liderança do Campeonato Brasileiro da Série B ao ganhar do Vitória por 2 a 1, neste sábado, no estádio Barradão, em Salvador, pela 23.ª rodada. O final foi emocionante porque o time carioca vencia por 1 a 0, com gol de Alvaro Navarro, mas sofreu o empate aos 48 minutos com Guilherme Mattis. Em um contra-ataque, aos 49, Sassá fez o gol da vitória botafoguense.

O Botafogo ficou com 42 pontos, três na frente do vice-líder, o Sampaio Corrêa, com 39. O time baiano, que ainda não venceu nos quatro jogos do returno, continua com 38 pontos, em terceiro lugar. Mas pode perder a posição até o final da rodada.

Apesar de estarem entre os primeiros colocados, os dois times não começaram bem o returno. O time baiano na rodada anterior perdeu, em Bragança Paulista (SP), por 2 a 1, para o Bragantino. Antes tinha empatado em casa, por 1 a 1, com o Oeste e perdido em São Luis para o Sampaio Corrêa, por 1 a 0. Agora, em 12 pontos, somou apenas um. O time carioca também está irregular, apesar da goleada na última rodada sobre o Atlético Goianiense por 4 a 0, no Rio, antes vinha de derrota fora para o CRB, por 2 a 1, em Maceió, e em casa diante do Paysandu, por 3 a 2.

O técnico Vagner Mancini fez a opção por escalar dois volantes - Amaral e Marcelo Mattos -, mas garantiu que daria liberdade para os avanços dos laterais e até para Pereira encostar mais nos atacantes. A estratégia funcionou, principalmente na base da pressão. O time baiano finalizou duas vezes, porém para fora. Em uma cabeçada de Robert, aos 16, e em uma bomba de Diego Renan da intermediária, mas também longe do gol.

O Botafogo se mostrava, até então, muito defensivo. A justificativa do técnico Ricardo Gomes foram os cinco desfalques. Só após a parada técnica, por conta do forte calor, é que o time carioca melhorou e passou a explorar os contra-ataques em velocidade, principalmente com Lulinha. Ele teve a melhor chance aos 33 minutos, após ligação direta do goleiro Helton Leite e descida em alta velocidade. Lulinha fez o giro no zagueiro Guilherme Mattis e ficou de frente com o goleiro Gatito Fernández, que espalmou com a mão direita.

O segundo tempo começou com pressão total do Vitória, diminuindo os espaços e impedindo a saída de bola do visitante. Robert perdeu uma cabeçada incrível aos 10 minutos, após falta de Escudero. A testada foi para fora e o atacante disse ter sido atrapalhado pelo sol.

O Botafogo foi mais eficiente e marcou seu gol aos 26 minutos. Diego Giaretta desceu pela esquerda e levantou alto para o outro lado. Elvis ajeitou de cabeça para o belo voleio de Alvaro Navarro, na pequena área. Um golaço. Depois disso, o Vitória não reagiu mais. O cansaço bateu mais rápido e o desânimo também sob as vaias da torcida.

Mas o final de jogo foi emocionante. Aos 48 minutos, o zagueiro Guilherme Mattis, de cabeça, empatou para o Vitória após cobrança de escanteio. Houve muita vibração do time e da torcida, que se calou no minuto seguinte quando Sassá saiu sozinho em disparada. Ganhou na corrida, coincidentemente, de Guilherme Mattis e na grande área desviou de Gatito Fernández, marcando o segundo gol aos 49.

Nesta terça-feira, pela 24.ª rodada, o Vitória vai enfrentar o Criciúma, às 19 horas, em Santa Catarina. O Botafogo joga também às 19 horas, mas contra o Paraná, no estádio do Engenhão, no Rio.

FICHA TÉCNICA

VITÓRIA 1 x 2 BOTAFOGO

VITÓRIA - Gatito Fernández; Diogo Mateus, Guilherme Mattis, Ramon e Diego Renan; Amaral (David), Marcelo Mattos, Pereira (Vander) e Escudero; Rhayner e Robert (Rafaelson). Técnico: Vagner Mancini.

BOTAFOGO - Helton Leite; Luis Ricardo, Renan Fonseca, Roger Carvalho e Diego Giaretta; Serginho, Willian Arão, Fernandes (Camacho) e Tomas; Lulinha (Elvis) e Alvaro Navarro (Sassá). Técnico: Ricardo Gomes.

GOLS - Alvaro Navarro, aos 26, Guilherme Mattis, aos 48, e Sassá, aos 49 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Marcelo Mattos e Guilherme Mattis (Vitória); Fernandes, Luis Ricardo e Camacho (Botafogo).

ÁRBITRO - Anderson Daronco (Fifa/RS).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Barradão, em Salvador (BA).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.