Botafogo ganha e é líder do Brasileiro

O Botafogo ganhou de virada do Corinthians, por 3 a 1, neste domingo, no Estádio Luso-Brasileiro, na Ilha do Governador, no Rio, e chegou à liderança do Campeonato Brasileiro, pois soma seis pontos após dois jogos disputados. Já os corintianos seguem com um único ponto.No primeiro tempo, os jogadores dos dois times pareciam sentir muito a falta da torcida, pois o jogo foi realizado com os portões do estádio fechados - punição imposta ao Botafogo por incidentes no campeonato do ano passado. Assim, o ritmo da partida era lento, como se houvesse um calor de 40 graus atrapalhando o rendimento de todos. Mas o tempo estava fresco.Roger era o jogador mais animado em campo, dava bom ritmo ao jogo e o Corinthians, mesmo não fazendo nada de excepcional, foi se impondo. Aos 33 minutos, na cobrança de um escanteio, Marcelo Mattos cabeceou para o chão. Oziel e Jonílson não saíram e deram condição de jogo para Gil, que completou, também de cabeça: 1 a 0.Na saída para o intervalo, Gil prometeu mais precisão do time nas finalizações para "matar o jogo logo no início do segundo tempo."Mas o Botafogo voltou diferente, com Almir no lugar de Juca. E, logo aos cinco minutos, veio o empate. Betão levo um chapéu de Túlio e, atrapalhado, acertou a cabeça do volante dentro da área. Alex Alves cobrou bem o pênalti: 1 a 1.O jogo ganhou velocidade, com chances para os dois lados. Ramon e Almir tabelaram, com perigo, aos 11 minutos. Tevez e Edson responderam, em jogada similar, dois minutos depois. Aos 23, Gil tentou um drible a mais e não pode chutar. Recuou para Dinelson, que arriscou, mas o goleiro Jefferson mandou para escanteio.Nesse ritmo, foi o Botafogo quem fez o segundo gol, aos 29 minutos. No lance, Almir atacou pela direita e cruzou para Ramon, que acertou um chute forte, de primeira.Para buscar o empate, o técnico Passarella fez uma alteração inútil no Corinthians. Colocou Fininho no lugar de Gustavo Nery, trocando lateral por lateral. Melhor para o Botafogo, que ainda marcou seu terceiro gol. Marcelinho, que tinha entrado no lugar de Caio no segundo tempo, puxou contra-ataque pela esquerda e foi derrubado por Sebá. Pênalti de novo. Alex Alves bateu outro e fechou o placar: 3 a 1.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.