Botafogo ganha novo ânimo com Matter

Lanterna do Campeonato Brasileiro, o Botafogo enfrenta amanhã o Atlético-MG, às 20h30, no Caio Martins, pela terceira rodada da competição, motivado pela estréia do técnico interino Luiz Matter, ex-auxiliar de Levir Culpi. O novo treinador promete dar uma injeção de ânimo nos jogadores, buscando resgatar o futebol apresentado pelo clube na Série B do ano passado. Este, aliás, é o maior desafio de Luiz Matter à frente da equipe carioca. O treinador pretende passar aos atletas o quanto é importante vestir a camisa alvinegra com prazer e orgulho, alçando sempre as vitórias, como acontecia na época de Mané Garrincha e do lateral-esquerdo Nilton Santos, ícones do centenário do Botafogo, comemorado neste ano. A equipe mineira é tratada com respeito em General Severiano. Luiz Matter alertou seu sistema defensivo para o oportunismo do atacante Alex Mineiro e a precisão nos chutes fortes de longa distância do meia Renato, jovem revelação do adversário. Para a partida de amanhã, o treinador vai fazer duas alterações na equipe que perdeu para o Santos, por 2 a 0, na Vila Belmiro. O volante Túlio, suspenso, cederá lugar a Valdo. Com isso, Carlos Alberto voltará a jogar como volante ao lado de Fernando. O treinador optará por Márcio Gomes em vez de Rodrigo Fernandes na lateral-direita. Luiz Matter fez questão de explicar as alterações."É a tendência. Até porque estou carente nessas posições, não tenho muito o que esconder", afirmou o técnico. Preterido, o meia Camacho permanecerá barrado. Ano passado, o atleta era o responsável por criar as jogadas e aumentar o poder ofensivo da equipe. Desde o Campeonato Carioca deste ano, seu desempenho nos jogos tem sido abaixo da crítica.

Agencia Estado,

27 de abril de 2004 | 19h24

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.