Satiro Sodré/Divulgação
Satiro Sodré/Divulgação

Botafogo goleia Bonsucesso com dois gols de Herrera no Engenhão

Com o triunfo por 4 a 1, equipe assumiu a liderança do Grupo A da Taça Guanabara

Leonardo Maia, Agência Estado

11 de fevereiro de 2012 | 19h23

RIO - Com bom desempenho e dois gols do atacante argentino Herrera, que deixou o banco para matar o jogo no segundo tempo, o Botafogo goleou o Bonsucesso por 4 a 1, neste sábado, no Engenhão, e se aproximou muito da classificação para as semifinais da Taça Guanabara. O uruguaio Loco Abreu também marcou o seu e chegou a cinco gols no Campeonato Carioca.

Agora com 12 pontos, o Botafogo dorme na liderança do Grupo A da Taça Guanabara, o primeiro turno do Campeonato Carioca, e aguarda os jogos de Flamengo e Resende, ambos neste domingo, para saber se permanecerá no topo da chave. "Estou contente de entrar e poder ajudar o time", comemorou Herrera, o herói da vitória botafoguense.

Depois de um início complicado, no qual apresentava dificuldades para passar da intermediária ofensiva - quando o Bonsucesso criou duas chances com Bóvio -, o trio de meias do Botafogo, aos poucos, foi se ajeitando. Assim, o time passou a levar perigo ao gol de Saulo.

O meia Felipe Menezes teve três boas oportunidades, depois de tabelas com os também meias Maicosuel e Elkeson. Em uma delas, foi parado apenas pela trave. Antes do intervalo, porém, Maicosuel, o mais voluntarioso em campo, fez boa tabela com Elkeson e chutou forte de fora da área para abrir o placar, fazendo 1 a 0 para o Botafogo aos 43 minutos.

Um erro do zagueiro Gomes melhorou o panorama para os botafoguenses no segundo tempo. O defensor do Bonsucesso falhou e cometeu pênalti em Márcio Azevedo logo a dois minutos. O atacante uruguaio Loco Abreu chutou no meio do gol, para desespero de Saulo, e fez 2 a 0.

O jogo pareceu se complicar quando Adriano Magrão completou cruzamento de Marcos Goiano e diminuiu para o Bonsucesso aos 13 minutos. Depois disso, foram diversas oportunidades perdidas pelo Botafogo. Loco Abreu, por exemplo, perdeu gol incrível depois de ótimo passe de Felipe Menezes. Cidinho também desperdiçou boa chance.

Foi quando entrou Herrera no lugar de Felipe Menezes, para satisfação dos torcedores botafoguenses, que já vaiavam o meia. Aí, o atacante argentino aproveitou rebote de cabeçada de Loco Abreu na trave e ampliou para 3 a 1 aos 28 minutos. Depois, já nos acréscimos, ele recebeu bom passe de Renato, cortou a marcação e chutou de canhota, para fechar o placar e ouvir a torcida gritar seu nome no Engenhão.

BOTAFOGO 4 X 1 BONSUCESSO

BOTAFOGO - Jefferson; Lucas, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Márcio Azevedo; Marcelo Mattos, Renato, Maicosuel (Cidinho), Felipe Menezes (Herrera) e Elkeson (Lucas Zen); Loco Abreu. Técnico - Oswaldo de Oliveira.

BONSUCESSO - Saulo; Ranieri (Draúzio), Admilton, Gomes e Dieguinho; Márcio Guerreiro, Bóvio, Alex (Juninho) e Marcos Goiano; Diogo e Adriano Magrão (Jefferson). Técnico - Wilson Gottardo.

Gols - Maicosuel, aos 43 minutos do primeiro tempo; Loco Abreu (pênalti), aos 3, Adriano Magrão, aos 13, e Herrera, aos 28 e aos 46 do segundo tempo.

Árbitro - Maurício Machado Júnior.

Cartão amarelo - Maicosuel, Gomes, Dieguinho e Alex.

Renda e público - Não disponíveis.

Local - Estádio do Engenhão, no Rio.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato CariocaBotafogo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.