Botafogo goleia Ipatinga no Engenhão

O Botafogo teve muita facilidade para golear o Ipatinga por 4 a 0, na noite desta quarta-feira, no Engenhão, e deixou sua torcida esperançosa de que o técnico Ney Franco possa recuperar o prestígio da equipe no Brasileirão. O Botafogo foi tão superior no jogo desta quarta-feira que poderia ter vencido por diferença bem maior. Assim, chegou aos 15 pontos, afastando-se da zona de rebaixamento do Brasileirão. Por outro lado, o Ipatinga segue firme na lanterna do campeonato, com apenas sete pontos.Logo aos 6 minutos de jogo, Zé Carlos chutou forte de fora da área e abriu o placar para o Botafogo. A desvantagem desnorteou o Ipatinga, que errava demais e não ameaçava o goleiro Castillo. Já o time carioca começava a perder gols até que Wellington Paulista aproveitou falha da defesa adversária e ampliou aos 18.Ainda no primeiro tempo, aos 44 minutos, Thiaguinho fez boa jogada pela direita e a bola sobrou para Jorge Henrique, que completou com um leve toque.Apesar dos 3 a 0, o Botafogo voltou do intervalo disposto a manter o ritmo. O Ipatinga tentava reagir de forma desorganizada e sem nenhuma criatividade. Assim, Jorge Henrique fez mais um gol, aos quatro minutos, em outro lance que contou com a participação decisiva de Thiaguinho.O Botafogo teve outras chances, com Lúcio Flávio, Jorge Henrique e Wellington Paulista. Em duas delas, méritos para o goleiro Rodrigo, que evitou outros gols com boas defesas. E o Ipatinga ainda terminou com dez em campo, pois o zagueiro Gian se machucou e deixou o gramado - como o técnico Ricardo Drubscky já tinha feito três alterações, não havia nada a fazer.Ficha técnica:Botafogo 4 x 0 IpatingaBotafogo - Castillo; Renato Silva, André Luís (Lucas Silva) e Triguinho; Thiaguinho, Túlio, Diguinho, Lúcio Flávio (Gil) e Zé Carlos; Jorge Henrique e Wellington Paulista (Leandro Guerreiro). Técnico - Ney Franco.Ipatinga - Rodrigo Posso; Leandro Salino, Gian, Tiago Vieira e Léo Oliveira; Xaves (Márcio Gabriel), Augusto Recife, Sandro (Paulinho Dias)e Neto Baiano; Adeílson e Marinho (Luciano Mandi). Técnico - Ricardo Drubscky.Gols - Zé Carlos, aos 6, Wellington Paulista, aos 18, e Jorge Henrique, aos 44 minutos do primeiro tempo; Jorge Henrique, aos 4 do segundo.Árbitro - Arilson Bispo da Anunciação (BA).Cartão amarelo - Renato Silva, Triguinho, Jorge Henrique, Leandro Salino e Augusto Recife.Renda - R$ 88.690,00.Público - 10.007 pagantes.Local - Engenhão, no Rio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.