Divulgação
Divulgação

Botafogo goleia o Náutico e mantém a liderança isolada

Cariocas dão show na Arena Pernambuco com 4 a 1, 3 de Sassá

Estadão Conteúdo

24 de outubro de 2015 | 20h41

Depois de decepcionar a sua torcida ao perder para o Ceará, por 1 a 0, em pleno Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ), na terça-feira, o Botafogo voltou a mostrar um futebol eficiente e goleou o Náutico, por 4 a 1, neste sábado à tarde, na Arena Pernambuco, pela 32.ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Com 62 pontos, o time carioca lidera sozinho a competição, cinco pontos na frente do vice-líder Vitória. A volta para a elite parece ser mesmo questão de tempo para os botafoguenses. O mesmo não se pode dizer dos pernambucanos, que continuam com 49 pontos, em oitavo lugar, praticamente fora da disputa pelo acesso.

O destaque principal da partida foi o atacante Sassá, que marcou três gols. O outro foi anotado por Diego Jardel, enquanto Daniel Morais fez o gol de honra do time da casa, nos minutos finais. O resultado foi inquestionável e mostrou o Botafogo preparado para voltar à elite em 2016.

Os primeiros minutos da partida não tiveram muita bola rolando. Muita marcação e muitas faltas. Aos poucos, porém, o Botafogo mostrou sua eficiência e abriu o placar aos 36 minutos. Sassá entrou em velocidade para grande área e foi interceptado pelo goleiro Júlio César, mas conseguiu tocar para Navarro. O uruguaio também colocou o goleiro alvirrubro para dançar e no rebote deixou Sassá na cara do gol para balançar as redes.

No começo do segundo tempo, saiu o segundo gol, de novo com Sassá, aos dois minutos. Luis Ricardo fez uma bela jogada pela direita e cruzou para Sassá completar. O Náutico resolveu ir para cima e criou chances, mas sofreu outros dois gols.

Sentindo a queda de rendimento do Botafogo, o técnico Ricardo Gomes resolveu fazer uma alteração. Aos 19 minutos, sacou o volante Camacho e colocou o meia Diego Jardel. Cinco minutos depois, Jardel recebeu a bola, driblou João Ananias e chutou rasteiro para marcar o terceiro gol. Aos 34 minutos, outro vacilo da defesa e Sassá fez 4 a 0, se tornando o herói da tarde. Aos 39, Daniel Morais diminuiu para o Timbu, mas a festa já era dos cariocas.

FICHA TÉCNICA:

NÁUTICO 1 X 4 BOTAFOGO

NAUTICO - Júlio César; Rafael Pereira, Ronaldo Alves, Fabiano Eller e Gaston; João Ananias, Willian Magrão (Douglas), Fillipe Soutto e Guilherme Biteco (Dakson); Hiltinho (Jefferson Nem) e Daniel Morais. Técnico - Gilmar Dal Pozzo.

BOTAFOGO - Jefferson; Luis Ricardo, Renan Fonseca, Roger Carvalho e Thiago Carleto (Diego Giaretta); Rodrigo Lindoso, Camacho (Diego Jardel), Willian Arão e Daniel Carvalho; Sassá e Navarro (Vinícius). Técnico - Ricardo Gomes.

GOLS - Sassá, aos 36 minutos do primeiro tempo; Sassá, a 1 e aos 34 minutos, Diego Jardel, aos 24, e Daniel Morais, aos 39 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Célio Amorim (SC).

CARTÕES AMARELOS - Gaston Filgueira, Fillipe Souto e Dakson (Náutico); Daniel Carvalho (Botafogo).

RENDA - R$ 306.002,48.

PÚBLICO - 14.561 pagantes.

LOCAL - Arena Pernambuco, em Recife (PE).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie BBotafogoNáutico

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.