Divulgação/Botafogo
Divulgação/Botafogo

Botafogo joga mal, empata com Boavista e vai pegar o Flamengo

Com o 2 a 2, o time alvinegro terminou em segundo lugar no Grupo A da Taça Guanabara

AE, Agência Estado

24 de fevereiro de 2013 | 18h33

RIO - O Botafogo jogou mal e apenas empatou com o Boavista por 2 a 2 neste domingo à tarde, no Engenhão. Com o resultado, o time alvinegro terminou em segundo lugar no Grupo A da Taça Guanabara, com 15 pontos, um atrás do Vasco, e agora vai enfrentar o Flamengo pela fase semifinal do primeiro turno do Campeonato Carioca.

Mais uma vez, o técnico Oswaldo de Oliveira foi hostilizado pela pequena torcida do Botafogo que compareceu ao estádio neste domingo, insatisfeita com o desempenho do time neste início de temporada.

O empate já garantiria a presença do Botafogo na semifinal. Mas o time iniciou o jogo assustando sua torcida. O Boavista, que ainda sonhava com uma vaga, partiu para cima do mandante e com 15 minutos de jogo já estava ganhando por 2 a 0, com dois gols de Gilcimar. O time visitante ainda teve a chance de fazer o terceiro, mas faltou pontaria a seus atacantes em duas oportunidades.

O Botafogo reagiu ainda no primeiro tempo. Para começar, com um belo chute de Lucas de fora da área, forte, cheio de veneno, sem defesa para Vinícius. Logo depois, Lucas apareceu bem de novo, fez grande jogada pela direita e deixou Lodeiro em condições de empatar.

Com o 2 a 2, as críticas a Oswaldo de Oliveira diminuíram, mas não cessaram até o fim do jogo. Até porque o Boavista continuou perigoso no segundo tempo. Douglas Carioca chegou a cabecear a bola na trave e por pouco não repôs a vantagem ao time ao time de Saquarema.

BOTAFOFO 2 X 2 BOAVISTA

BOTAFOGO - Jefferson; Lucas, Antônio Carlos (Dória), Bolívar e Márcio Azevedo; Fellype Gabriel (Vitinho), Gabriel, Seedorf e Andrezinho; Lodeiro e Rafael Marques (Bruno Mendes). Técnico - Oswaldo de Oliveira.

BOAVISTA - Vinícius; Everton Silva, Gustavo, Jorge Fellipe e Carlos Alberto (Julio Cesar); Douglas Carioca (Túlio Souza), Thiaguinho, Tony e Leandro Chaves (Max); Erick Flores e Gilcimar. Técnico - Lucho Nizzo.

GOLS - Gilcimar, aos 11 e 13, Lucas, aos 30, e Lodeiro, aos 34 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Luiz Antônio Silva.

CARTÕES AMARELOS - Jorge Fellipe, Gabriel, Vinícius, Vitinho e Leandro Chaves.

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio do Engenhão, no Rio.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBotafogoCampeonato Carioca

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.