Rogério Moroti/Divulgação
Rogério Moroti/Divulgação

Botafogo leva 4 a 1 do XV de Piracicaba, mas foge dos grandes no Paulistão

Time de Ribeirão Preto terá o Mogi Mirim nas quartas de final do Estadual

AE, Agência Estado

21 de abril de 2013 | 19h01

PIRACICABA - O Botafogo foi atropelado na última rodada do Campeonato Paulista, mas ainda assim teve motivos para comemorar. Apesar da goleada para o XV de Piracicaba, por 4 a 1, na tarde deste domingo, o time conseguiu fugir de um duelo contra um dos quatro grandes e terá pela frente o Mogi Mirim na segunda fase. O jogo foi realizado no Estádio Barão de Serra Negra, em Piracicaba.

Com a derrota, o clube Ribeirão Preto terminou na sétima posição, com 31 pontos. Agora, terá pela frente o Mogi, que venceu os reservas do São Paulo e acabou em segundo lugar, com 39 pontos. O confronto único será no Estádio Romildo Ferreira, em Mogi. O Botafogo atuou com muitos reservas e já tinha garantido uma vaga na Série D do Brasileiro, ao lado do Penapolense.

Já o XV acabou na décima posição, com 25 pontos, e terá de torcer para que dois times pequenos passem às semifinais para disputar o Torneio do Interior.

Os donos da casa entraram apáticos no primeiro tempo e viram o Botafogo sair na frente aos 14 minutos. O atacante Nunes recebeu no meio da zaga e bateu na saída do goleiro Thiago Passos. O empate do XV aconteceu aos 34 minutos, em cobrança de pênalti do meia Diguinho.

Na segunda etapa, o mandante dominou amplamente e conseguiu uma virada categórica. Aos 27 minutos, Diguinho aproveitou sobra na área e mandou de primeira para as redes. O terceiro saiu dos pés do atacante Paulinho, após pegar rebote do goleiro Alê, aos 32 minutos. O volante Adilson Goiano fechou o placar, aos 44 minutos, após bela jogada individual.

XV DE PIRACICABA 4 X 1 BOTAFOGO

XV DE PIRACICABA - Thiago Passos; Vinicius Bovi (Adilson Goiano), Pedro Paulo, Cesinha e Janílson; Glauber, Diego Silva (Adriano Ferreira), Danilo Sacramento e Diguinho (Jairo); Marcelo Soares e Paulinho. Técnico - Edison Só.

BOTAFOGO - Alê; Igor, Henrique Mattos e André; João Vitor, Zé Antônio, Douglas Packer (Otacílio Neto) e Fábio Gama (Raí); Neizinho (Dimba) e Nunes. Técnico - Marcelo Veiga.

GOLS - Nunes, aos 14, e Diguinho, de pênalti, aos 34 minutos do primeiro tempo. Diguinho, aos 27, Paulinho, aos 32 e Adilson Goiano, aos 44 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Marcelo Prieto Alfieri.

CARTÕES AMARELOS - Janilson (XV de Piracicaba); Zé Antônio, Nunes e André (Botafogo)

RENDA - R$ 102.043,00.

PÚBLICO - 4.679 torcedores.

LOCAL - Estádio Barão de Serra Negra, em Piracicaba (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.