Divulgação
Divulgação

Botafogo mantém campanha 100% em casa e dispara no Paulistão

Time de Ribeirão Preto bate Mogi Mirim por 3 a 1 e chega à quarta vitória como mandante no Estadual

Agência Estado

13 de fevereiro de 2014 | 21h53

RIBEIRÃO PRETO - O Botafogo fez mais um vítima no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto (SP). Nesta quinta-feira, na abertura da oitava rodada do Campeonato Paulista, o time tricolor derrotou o Mogi Mirim, por 3 a 1, e manteve os 100% de aproveitamento dentro de casa, com quatro vitórias.

Com o resultado, o Botafogo segue tranquilo na liderança do Grupo B, com 16 pontos, sete a mais que o Audax, o primeiro time fora da zona de classificação. O Mogi Mirim, por sua vez, é apenas o quarto colocado do Grupo D, com 11 pontos.

Em busca da classificação, os dois times fizeram um primeiro tempo bastante aberto. Os visitantes começaram mais perigosos e carimbaram o travessão de Gilvan em cabeçada de Fernando Baiano. A equipe de Ribeirão Preto tentou chegar pelo lado direito, mas pouco levou perigo ao goleiro Reynaldo.

O Mogi Mirim chegava pouco, nos contra-ataques, mas sempre levava perigo. O goleiro do Botafogo precisou trabalhar aos 15 minutos e fazer uma grande defesa em finalização de Edson Ratinho. Apesar dos sustos, os mandantes conseguiram abrir o placar. Aos 34, a defesa visitante não cortou cruzamento e Wellington Bruno apareceu para conferir.

O segundo tempo foi de um jogador só: Reynaldo, do Mogi Mirim. O jovem camisa 1 fechou o gol e evitou uma goleada. Logo aos cinco minutos, ele precisou trabalhar duas vezes. Aos seis, no entanto, o goleiro virou vilão. Após cobrança de escanteio, Reynaldo trombou com o zagueiro Álvaro e a bola sobrou limpa para Hudson empurrar para o gol vazio.

Depois da falha, o goleiro voltou a trabalhar constantemente. Foram pelo menos três grandes defesas, evitando chances claras de gols dos donos da casa. Aos 27 minutos, o Botafogo conseguiu ampliar, depois de tanto insistir. Camilo cobrou falta fechada, em direção ao gol, e o atacante Mike deu um leve desvio para marcar.

A estrela de Rivaldo Júnior, filho do pentacampeão mundial, brilhou e o Mogi Mirim descontou. No primeiro toque na bola, ele recebeu cobrança de lateral, girou em cima do marcador e bateu colocado. Mas ficou nisso.

Os dois times voltam a campo na próxima terça. O Mogi Mirim recebe o XV de Piracicaba, no estádio Romildo Vitor Ferreira, em Mogi Mirim (SP), às 19h30. No mesmo horário, o Botafogo encara o Rio Claro, no estádio Augusto Schimidt Filho, em Rio Claro (SP).

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO 3 x 1 MOGI MIRIM

BOTAFOGO - Gilvan; Daniel Borges, César Gaúcho, Lima e Giovanni; Gilmak, Hudson, Camilo (Vitor) e Wellington Bruno (Alex Silva); Mike e Marcelo Macedo (William Xavier). Técnico: Wagner Lopes.

MOGI MIRIM - Reynaldo; Valdir, Álvaro, Fábio Sanches e Leonardo; Magal, Elanardo (Everton Sena), Edson Ratinho e Morato (Vitinho); Fernando Baiano (Rivaldo Júnior) e Serginho. Técnico: Airton Silva.

GOLS - Wellington Bruno, aos 34 minutos do primeiro tempo; Hudson, aos 6, Mike, aos 27, e Rivaldo Júnior, aos 31 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Elanardo e Vitinho (Mogi Mirim).

ÁRBITRO - Leonardo Ferreira Lima.

RENDA - R$ 105.326,00.

PÚBLICO - 5.247 pagantes.

LOCAL - Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.