Botafogo mantém escalação para enfrentar o Palmeiras

Último treino da equipe foi marcado por protestos de aproximadamente 15 torcedores

Agência Estado

28 de maio de 2014 | 07h24

RIO - Tentando sair da zona de rebaixamento, o Botafogo tem um jogo difícil contra o Palmeiras nesta quarta-feira, às 19h30, no estádio Prudentão, em Presidente Prudente (SP), pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro. O técnico Vagner Mancini já confirmou que repetirá a escalação do time carioca, levando a campo os mesmos atletas que empataram com o Vitória no último domingo. A novidade estará no banco de reservas com o retorno de Ferreyra depois de três partidas fora.

O treino da última segunda foi marcado por protestos de cerca de 15 torcedores que invadiram o estádio Eustáquio Marques, em Curicica, na zona oeste do Rio, hostilizando jogadores e dirigentes. "Óbvio que respeitamos e entendemos a importância da torcida, mas nós nos sentimos fragilizados naquele momento. A melhor resposta que podemos dar é dentro de campo fazendo as coisas diferentes", defendeu-se o treinador do time alvinegro.

Do outro lado, o Palmeiras, que ficou preso em Chapecó (SC) até a manhã desta terça por conta da forte neblina na região, chegará à partida desgastado pela maratona até Presidente Prudente. O clube tentou adiar a partida junto à CBF, mas não obteve êxito na demanda.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoBotafogo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.