Botafogo marca dois gols no fim e vence o Mirassol no Paulistão

Vitória conquistada 45 minutos do segundo tempo faz equipe de Ribeirão Preto ser vice-líder do Grupo A

Estadão Conteudo

03 de março de 2017 | 21h46

Com um final emocionante de partida, o Botafogo venceu o Mirassol por 3 a 1 no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, nesta sexta-feira, na partida que abriu a sétima rodada do Campeonato Paulista. O time da casa vencia até os 36 minutos do segundo tempo, quando sofreu o empate mesmo jogando com um homem a mais. Ainda assim, aos 45 e aos 48 minutos, conseguiu marcar mais duas vezes.

Com o resultado, o Botafogo chegou aos dez pontos no Grupo A, que ainda conta com Corinthians, com 15, Ituano, com oito, e São Bernardo, com seis. Já o Mirassol, com 13, pode perder a liderança do Grupo D, já que a Ponte Preta, em segundo com 11, tem um jogo a menos. Santos, com dez, e Audax, com sete, completam a classificação da chave.

O JOGO

A partida começou equilibrada, com as duas equipes levando perigo e mostrando um futebol ofensivo. E o time de casa, aproveitando o apoio da torcida, saiu na frente: aos 27 minutos, Fernandinho cruzou da esquerda e Marcão se antecipou ao goleiro Vagner para marcar de cabeça. Foi o primeiro gol do experiente centroavante, principal contratação do Botafogo para a temporada.

Com a desvantagem, o Mirassol saiu em busca do empate, mas não conseguiu se infiltrar na defesa botafoguense, que mostrou segurança e resistiu sem sustos até o intervalo.

O visitante seguia pressionando e chegou a acertar o travessão em cabeceio de Zé Roberto no início da etapa final, mas se complicou a partir dos 25 minutos, quando Raul, que já tinha cartão amarelo, deu entrada dura em Wesley e foi expulso.

Mesmo com um jogador a menos, o Mirassol conseguiu a igualdade aos 36 minutos, quando o volante Willian aproveitou cobrança de falta de Xuxa e cabeceou de costas. Mas a alegria durou pouco. No último minuto do tempo regulamentar, Fernando Medeiros arriscou de fora da área e o goleiro Vagner não conseguiu segurar. Três minutos mais tarde, após bate-rebate na área, houve um pênalti em cima de Serginho. Na cobrança forte dele próprio, placar fechado: 3 a 1.

O Botafogo volta a campo no sábado da semana que vem, dia 11 de março, quando enfrenta o Santo André, no estádio Bruno José Daniel, pela oitava rodada. Na segunda-feira, dia 13, o Mirassol recebe o Ituano.


FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO 3 X 1 MIRASSOL

BOTAFOGO - Neneca; Samuel Santos, Filipe, Gualberto e Fernandinho; Bileu (Serginho), Marcão Silva, Vitinho (Fernando Medeiros) e Rafael Bastos; Francis e Marcão (Wesley). Técnico: Moacir Júnior.

MIRASSOL - Vagner; Tony, Wellington, Wallace e Raul; Willian, Rodolfo, Ricardinho (Rodrigo Biro) e Xuxa; Zé Roberto (Rafhael Lucas) e Wellinton Junior (Bruno Sávio). Técnico: Moisés Egert.

GOLS - Marcão, aos 27 minutos do primeiro tempo; Willian, aos 36, Fernando Medeiros, aos 45, e Serginho, de pênalti, aos 48 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Adriano de Assis Miranda.

CARTÕES AMARELOS - Neneca, Fernandinho, Bileu e Marcão Silva (Botafogo); Wellington, Tony, Willian e Zé Roberto (Mirassol).

CARTÃO VERMELHO - Raul (Mirassol).

RENDA e PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.