Botafogo multa Eduardo em 10% do salário por atraso

A diretoria do Botafogo irá multar o zagueiro Eduardo em 10% do salário pelo atraso no treino desta quarta-feira. O jogador já havia sido afastado pelo técnico Estevam Soares da partida contra o Cruzeiro, quinta-feira, no Engenhão.

AE, Agencia Estado

26 de agosto de 2009 | 20h06

Sem avisar previamente ninguém da comissão técnica, Eduardo chegou no treino de quarta-feira com quase duas horas de atraso. O ato irritou Estevam Soares, que considerou inadmissível a postura do jogador.

"Ontem (terça-feira) mesmo tivemos uma conversa com o elenco na qual enfatizamos a necessidade de comprometimento e de cuidados fora de campo. O que aconteceu é inadmissível", declarou o treinador, explicando detalhadamente o ocorrido. "Para esse jogo, ele está cortado. O treino era às 9 horas e ele chegou às 10h45, sem nos comunicar", concluiu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.