Botafogo não esconde frustração

O atacante Alex Alves, nesta segunda-feira, era o símbolo da frustração e do desespero que tomou conta dos jogadores do Botafogo, após a derrota para o Corinthians, no domingo. A um ponto da zona de rebaixamento da tabela de classificação do Campeonato Brasileiro e o fato de enfrentar o Atlético-PR, na Arena da Baixada, na última rodada, fez com que o atleta reconhecesse a situação difícil da equipe, apesar de frisar que o time ainda não perdeu a esperança de permanecer na Série A do Nacional. "É claro que todos os jogadores estão frustrados", disse Alex Alves. "Sabemos que é muito difícil mas, como nada é impossível, quem sabe a gente não vence lá." Abatido, Alex Alves pediu que os companheiros acreditem na possibilidade de vencerem o Atlético-PR para ficar na Primeira Divisão, sem depender dos resultados das partidas de Atlético-MG, Criciúma ou Vitória. O jogador, inclusive, já revelou o esquema tático da equipe: "precisamos jogar fechados e esperar um bom contra-ataque".O meia Almir procurou manter a calma e pediu raça aos jogadores do Botafogo. Mesmo assim, o atleta deixou transparecer sua preocupação. "É a nossa última oportunidade e não podemos desperdiçá-la. O time tem que se comprometer e entrar com mais vontade", destacou. A boa notícia para o técnico do Botafogo, Paulo Bonamigo, será o retorno do lateral-direito Rui, além do meia Fernando, dois destaques da equipe.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.