Botafogo não terá Almir em Londrina

A contusão de alguns jogadores se transformou no principal problema do Botafogo para a partida de amanhã contra o Londrina, às 21h40, no Estádio do Café, pela Série B do Campeonato Brasileiro. O técnico Levir Culpi, que já não contava com o atacante Dill e o lateral-esquerdo Daniel, machucados, também perdeu o meia Almir, com dores na coxa direita. Apesar dos desfalques, Levir não teve sua confiança diminuida. Ele acredita que o Botafogo vai manter a liderança da competição por considerar normal a grande incidência de contusões e suspensões num campeonato longo. "O mais importante é que todos os jogadores tenham a consciência de que podem ser titulares e que conto com eles", afirmou o treinador. O discurso dos jogadores é semelhante ao de Levir. Eles querem repetir as boas atuações dos últimos jogos para conquistar mais uma vitória no Brasileiro. "O astral no Botafogo está ótimo, mesmo com as ausências", afirmou o volante Fernando. O substituto de Almir será o meia Camacho que, ao lado do veterano Valdo, terá a responsabilidade de municiar o ataque, formado por Leandrão e Edvaldo. Este último, recuperado de contusão, foi confirmado no time titular. Na lateral-esquerda Rodrigo Fernandes entra no lugar de Daniel. "Espero ter uma boa atuação e corresponder a confiança do treinador", disse Rodrigo Fernandes, que apesar de ser lateral-direito de origem, vai atuar improvisado na posição. "O futebol brasileiro já teve grandes jogadores nesta faixa do campo que eram destros", lembrou, citando Nílton Santos, ex-jogador do Botafogo.

Agencia Estado,

25 de julho de 2003 | 19h26

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.