Botafogo obtém certidão negativa de débitos e poderá receber por patrocínio

Acordo com a Caixa dependia do documento

Estadão Conteúdo

04 Outubro 2016 | 16h10

O Botafogo conseguiu nesta terça-feira uma vitória importante fora de campo. O clube finalmente obteve a aguardada certidão negativa de débitos trabalhistas (CNDT), documento que faltava para poder começar a receber pelo patrocínio da Caixa Econômica Federal. Por este ser um banco estatal, ele só pode repassar dinheiro a quem está em dia com suas obrigações fiscais.

Nos últimos meses, a diretoria conseguiu equacionar suas dívidas, apresentando um cronograma de pagamentos. Faltava apenas tomar essa ação na esfera trabalhista, o que foi resolvido agora.

O Botafogo já estreou o patrocínio master da Caixa no sábado passado, quando estampou a marca do banco no lugar mais nobre do seu uniforme - o peito da camisa. Até dezembro, o clube vai receber cerca de R$ 1 milhão. O contrato deverá ser renovado para 2017, quando o Botafogo vai ganhar R$ 12 milhões.

Com o Botafogo, a Caixa chega ao 12.º clube na Série A. O banco estatal já patrocinava Corinthians, Flamengo, Cruzeiro, Atlético-MG, Atlético-PR, Figueirense, Vitória, Chapecoense, Coritiba e Sport, e, na segunda, assinou com o Santos. A Caixa ainda apoia Vasco, CRB, Goiás, Bahia, Paysandu, Atlético-GO, Náutico e Avaí, todos na Série B.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.