Botafogo pagará prêmio se não cair

Um dia após a dispensa de 11 jogadores, o presidente do Botafogo, Bebeto de Freitas, decidiu estimular o elenco para o confronto mais importante do clube no ano de seu centenário: contra o Atlético-PR, domingo, na Arena da Baixada. Prometeu dar um dinheiro extra, conhecido como "bicho" no cenário do futebol, caso os jogadores evitem o retorno do Alvinegro para a Segunda Divisão do Campeonato Brasileiro. O valor acordado com os jogadores não foi revelado."Foi um acordo feito com o técnico Paulo Bonamigo há um certo tempo, não sei precisar quando. No futebol, isso não é uma atitude incomum. Se classificarmos, vou honrar o compromisso", declarou o presidente do Botafogo, que confia no poder de superação da equipe para derrotar o Atlético-PR, ainda na luta pelo título.Pelo que se viu no treino desta quarta-feira, em General Severiano, o Botafogo vai se preocupar primeiro em não levar gols para depois se lançar ao ataque. Por isso, reforçará a marcação na defesa e no meio-de-campo. E, quando recuperar a posse da bola, a ordem é sair rápido para o contra-ataque.O técnico do Botafogo também pôs os jogadores para treinarem com exaustão as jogadas aéreas. Cobrava atenção a cada bola alçada na área.No fim, parecia satisfeito com o trabalho. O lateral-Ruy ainda se recupera de dores no joelho esquerdo e é dúvida. Márcio Gomes, assim como ocorreu no confronto contra o Corinthians, o substituiu.No restante, Bonamigo manteve Gustavo ao lado de Scheidt na zaga e escalou o meio-de-campo com a seguinte formação: Fernando, Túlio, Valdo e Caio. No ataque, ele ainda está em dúvida. É certo somente que Alex Alves vai iniciar a partida. A outra vaga será entregue a Ricardinho ou a Schwenck, que recebeu proposta do futebol japonês e dificilmente permanecerá no clube na próxima temporada.Ricardinho começou o coletivo como titular, mas foi rapidamente sacado por Bonamigo para ceder lugar a Schwenck. A indecisão deve permanecer até minutos antes de a equipe entrar em campo no domingo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.