Botafogo passa fácil pelo Americano por 3 a 0, no Maracanã

Em um ritmo alucinante, o Botafogo não encontrou dificuldades para vencer o Americano, por 3 a 0, neste sábado, no Maracanã, pela terceira rodada da Taça Guanabara, o primeiro turno do Estadual do Rio. O time alvinegro teve uma atuação quase perfeita e dominou o adversário desde o primeiro minuto.Após uma pressão inicial, onde o Americano não conseguiu passar de seu campo de defesa, o Botafogo fez o primeiro gol, aos 9 minutos, em um forte chute do volante Diguinho da entrada da área. O time de Campos só chegou ao setor defensivo alvinegro depois de uma falha da zaga alvinegra que deixou o atacante Pardal livre, mas o chute foi para fora.Um dos destaques da equipe, apesar de pegar na bola em poucos momentos, o atacante Dodô foi o responsável pela jogada que originou o segundo gol. Após driblar três zagueiros, perdeu a posse da bola, mas ela sobrou para o lateral-direito Joílson aumentar a vantagem alvinegra.O Botafogo voltou para o segundo tempo com a mesma vontade dos primeiros 45 minutos, mas o Americano melhorou sua postura em campo e passou a dificultar as jogadas ofensivas alvinegras. Mesmo assim, o atual campeão carioca se impôs sobre o time de Campos, que se limitou a defender.Aos 13 minutos, Dodô recebeu um passe do companheiro de ataque, Jorge Henrique, e fez o gol da vitória alvinegra. Agora, em dois jogos, o ídolo da torcida já balançou as redes por duas vezes. E, no outro domingo (dia 11), o Botafogo fará o clássico da quarta rodada do Estadual contra o Flamengo.Em Cabo Frio, o Madureira surpreendeu a Cabofriense e venceu por 1 a 0, com gol de Zé Augusto. Com o resultado, o time da capital fluminense está na terceira colocação, com cinco pontos, e na briga por uma vaga nas semifinais da Taça Guanabara.Ficha técnicaBotafogo 3 x 0 AmericanoBotafogo - Max; Túlio, Juninho e Asprilla; Joílson, Leandro Guerreiro, Diguinho (Lúcio Flávio), Zé Roberto e Iran (Ricardinho); Jorge Henrique (Flávio) e Dodô. Técnico: Cuca.Americano - Jefferson; Adriano Sella (Carlos Eduardo), Romildo, Anderson e Wesley; Diogo (Pirão), Índio (Fabão), Caetano e Kim; Pardal e Tiago Pereira. Técnico: Nedo Xavier. Gols - Diguinho, aos 9, e Joílson, aos 25 minutos do primeiro tempo; Dodô, aos 13 minutos do segundo tempo. Cartões amarelos - Leandro Guerreiro (Botafogo); Wesley, Kim e Tiago Pereira (Americano). Cartão vermelho - Anderson (Americano). Árbitro - William Marcelo de Souza Nery. Renda - R$ 93.080,00. Público - 7.142 pagantes. Local - Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.