Botafogo pega o Inter de olho na vaga à Libertadores

O Botafogo vai enfrentar neste domingo, no Engenhão, um Internacional com a cabeça voltada para o Mundial de Clubes da Fifa, em Abu Dabi (Emirados Árabes Unidos), em dezembro - tanto é que vai entrar em campo, no Engenhão, às 17 horas, com time reserva. Isso, de certa forma, redobra a responsabilidade dos jogadores alvinegros. Eles têm de vencer o jogo, a fim de manter o clube na luta por uma vaga na Copa Libertadores da América do ano que vem.

AE, Agência Estado

21 de novembro de 2010 | 08h23

O discurso de que o Internacional não vai ao Rio de Janeiro a passeio é unânime no Botafogo. A ordem é não provocar o rival. "Mesmo não almejando mais nada no Brasileiro, eles não vão querer perder o jogo. Tenho certeza de que o Inter vai jogar para ganhar", disse o lateral-esquerdo Marcelo Cordeiro, que está emprestado pelo clube gaúcho e só pode atuar neste domingo por conta de um acordo. O Botafogo pagou multa de R$ 300 mil para escalá-lo.

Punido pela diretoria e afastado do time por falta a um treino na semana passada, o atacante Jobson foi reintegrado à equipe na última sexta-feira. Na ocasião, o técnico Joel Santana achou melhor dar mais um chance ao jogador, que não deve ser titular. "Aqui não tem beicinho. Tudo é discutido em conjunto e eu bato o martelo. Vamos dar mais um crédito, não custa nada. Espero que agora dê tudo certo, pois seria uma vitória muito grande. É bom para o clube não perder uma peça valiosa como essa", afirmou o treinador.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato BrasileiroBotafogo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.