Vitor Silva/SSPress/Botafogo
Vitor Silva/SSPress/Botafogo

Botafogo perde do Resende e não tem mais chances de avançar na Taça Guanabara

Maxwell, aos 25 minutos do segundo tempo, fez o único gol da partida

Redação, Estadão Conteúdo

31 de janeiro de 2019 | 22h22

Vaias, gritos de "eliminado" e de "time sem vergonha" fizeram parte do coro da noite desta quinta-feira, no Estádio do Engenhão, em jogo que acabou com as chances de classificação do Botafogo na Taça Guanabara. O clube alvinegro acabou derrotado pelo Resende por 1 a 0, na penúltima rodada da fase de grupos do primeiro turno do Campeonato Carioca.

O Botafogo, que segue sem vencer no torneio, é o lanterna do Grupo C, com apenas um ponto. O Resende, por sua vez, continua com chances de avançar. Ocupa a quarta posição, com cinco pontos. O Flamengo lidera a chave, com dez pontos, contra sete do Bangu.

Pressionado por ainda não ter vencido na Taça Guanabara, o Botafogo fez mais um primeiro tempo abaixo da expectativa. Os jogadores mostraram muito nervosismo e pouca criatividade. Luiz Fernando e Erik foram os que mais tentaram, mas sempre na base da correria, sem serem eficazes.

Por isso o Resende ficou mais perto de abrir o placar. Em jogada de contra-ataque, Joseph avançou e tocou para Arthur Faria, que invadiu a área e chutou no travessão de Gatito. O goleiro ainda segurou, em dois tempos, a tentativa de Léo Silva e torceu para o arremate de Maxwell não entrar.

O Botafogo pouco ameaçou o goleiro Ranule. Alan Santos recebeu dentro da área, mas adiantou demais e facilitou a vida do arqueiro, que fez apenas uma boa defesa, no chute de Luiz Fernando.

No segundo tempo, o Botafogo cresceu de produção e por muito pouco não marcou em cobrança de escanteio de Luiz Fernando, defendida por Ranule. O goleiro se transformou no principal herói do Resende ao fazer um milagre num tiro à queima-roupa de Kieza, logo na sequência.

E foi bem quando o Botafogo estava melhor em campo que o Resende acabou surpreendendo. Aos 25 minutos, em mais uma jogada de contra-ataque, Maxwell arrancou em velocidade e acertou um bonito chute, sem chances para Gatito.

Após o gol, o Botafogo tentou sair de forma desorganizada para o ataque, mas parou na marcação do Resende, que recuou por inteiro para assegurar a vitória.

Na próxima rodada, o Botafogo enfrenta o Boavista no domingo, às 17 horas, no Estádio Elcyr Resende, em Saquarema. No mesmo dia e horário, o Resende pega o Bangu no Estádio do Trabalhador, em Resende.

FICHA TÉCNICA:

BOTAFOGO 0 x 1 RESENDE

BOTAFOGO - Gatito Fernández; Marcinho, Marcelo Benevenuto, Gabriel e Gilson; Jean (Wenderson), Alan Santos (Gustavo Ferrareis), Alex Santana (Leandro Carvalho) e Luiz Fernando; Erik e Kieza. Técnico: Zé Ricardo.

RESENDE - Ranule; Filipi, Rhayne, Lucão e Jeanderson; Joseph, Vitinho, Léo Silva, Davi Ceará (Valdeci) e Arthur Faria (Zambi); Maxwell (Dieguinho). Técnico: Edson Souza.

GOL - Maxwell, aos 25 minutos do segundo tempo.

CARTÃO AMARELO - Valdeci.

ÁRBITRO - João Batista de Arruda

RENDA - R$ 43.407,00.

PÚBLICO - 2.385 pagantes (2.738 no total).

LOCAL - Estádio Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ).

 

 

Mais conteúdo sobre:
Botafogofutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.