Vitor Silva/SS Press
Vitor Silva/SS Press

Botafogo perde pênalti no final e só empata com o Barra Mansa por 1 a 1

Goleiro Thiago Leal vai bem e salva cobrança do atacante Bill

RONALD LINCOLN JR., O Estado de S. Paulo

25 Março 2015 | 22h05

Com pênalti desperdiçado no fim, o Botafogo acabou empatando por 1 a 1 com o Barra Mansa, nesta quarta-feira, no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ), pela 12.ª rodada do Campeonato Carioca. Após dominar o primeiro tempo, a equipe alvinegra se acomodou na etapa final e viu o adversário, que contava com o apoio de sua torcida em casa, crescer e igualar o jogo.

O atacante Bill chamou a responsabilidade para cobrar um pênalti, aos 40 minutos do segundo tempo, quando o jogo estava empatado, mas fez uma péssima cobrança, defendida por Thiago Leal. A dupla entre ele e Jobson também não funcionou como no início do campeonato, de modo que o time alvinegro criou poucas oportunidades claras de gol.

O primeiro tempo foi do Botafogo. O time da capital controlou a posse de bola desde os primeiros momentos e dominou as iniciativas de ataque. Porém, sofria para superar a defesa dos donos da casa, que estava bem armada. A saída encontrada foi tentar levar perigo em bolas paradas. E chegou ao gol com o zagueiro Roger Carvalho, que acertou cabeçada após boa cobrança de escanteio de Diego Jardel.

Atrás no placar, o Barra Mansa abriu mão da retranca e se lançou para o ataque. Os donos da casa dominaram o time botafoguense. O goleiro Renan, que vive boa fase, salvou duas finalizações complicadas, mas acabou sucumbindo. Aos 33 minutos, Hudson recebeu um cruzamento na área e empatou de cabeça.

O Botafogo, que até então jogava pelo contra-ataque, foi obrigado a tomar a iniciativa. Impôs pressão e conseguiu um pênalti aos 40 minutos. Mas o atacante Bill bateu fraco e o goleiro Thiago Leal não teve dificuldades para defender e garantir o empate, considerado positivo para o seu time.

FICHA TÉCNICA

BARRA MANSA 1 x 1 BOTAFOGO

BARRA MANSA - Thiago Leal; Dudu, Rômulo, Thiagão e Vitor Sena; Wallace, Maicol( Kaíke), Rafhael Lourenço e Vitinho; Hudson e Nandinho (Jefferson).

Técnico: Manoel Neto.

BOTAFOGO - Renan; Fernandes, Roger Carvalho, Renan Fonseca e Jean (Diego Giaretta); Marcelo Mattos, William Arão, Diego Jardel (Murilo) e Tomas (Gegê); Jobson e Bill.

Técnico: René Simões.

GOLS - Roger Carvalho, aos 27 minutos do primeiro tempo; Hudson, aos 33 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Thiagão, Wallace, Vitinho e Hudson (Barra Mansa); Fernandes, Marcelo Mattos e Gegê (Botafogo).

ÁRBITRO - Pathrice Wallace Correa Maia.

RENDA - R$ 65.230,00.

PÚBLICO - 2.712 pagantes.

LOCAL - Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.