Vitor Silva / SS Press / Botafogo
Vitor Silva / SS Press / Botafogo

Botafogo perde Pimpão por lesão e espera ter Gabriel recuperado para jogo com CSA

Atacante está fazendo exames no joelho direito para determinar quanto tempo ficará afastado dos campos

Redação, Estadão Conteúdo

17 de outubro de 2019 | 17h30

Como se já não bastasse o fato de ter caído por 2 a 1 diante do Vasco no clássico desta quarta-feira à noite, em São Januário, onde acumulou a sua sexta derrota em seus últimos sete jogos do Campeonato Brasileiro, o Botafogo viu o atacante Rodrigo Pimpão lesionar o joelho direito e deixar o estádio de muletas.

Ao sair do campo vascaíno, o jogador admitiu que o problema é preocupante e avisou que exames marcados para esta quinta-feira revelarão a gravidade da lesão. Devido ao ocorrido, ele precisou ser substituído por Léo Valencia no começo do segundo tempo do confronto.

A equipe alvinegra se reapresenta aos treinos nesta quinta visando o duelo com o CSA, na próxima segunda-feira, às 20 horas, no Engenhão, no Rio, no fechamento da 27ª rodada do Brasileirão, e neste embate o técnico Alberto Valentim espera contar com o zagueiro Gabriel, que deixou o jogo contra o Vasco já no primeiro tempo, dando lugar a Kanu, por causa de dores na coxa direita.

O treinador reestreou no comando do Botafogo nesta partida da última quarta-feira e exibiu otimismo ao comentar as situações dos lesionados. "O Gabriel foi uma pancada, a famosa paulistinha, tostão. O Pimpão falaram que (o joelho direito) não é uma imagem legal de ver, mas que não é grave, não tem (ligamento) cruzado (afetado), nada, depois os médicos vão avaliar direitinho. Caiu em cima dele, não me lembro o jogador que acabou caindo em cima dele", disse o treinador, em entrevista coletiva, se referindo à queda acidental do vascaíno Bruno Gomes sobre a perna direita do atacante.

Outro botafoguense que foi substituído durante o clássico foi o meio-campista Yuri, que atuou improvisado como lateral-esquerdo e, cansado, saiu para a entrada de Lucas Barros. Mas este é outro nome que Valentim tem convicção de que poderá utilizar novamente na partida com o CSA. "O Yuri teve desgaste normal de um atleta que não vinha jogando com frequência. Acredito, e até conversei com o atleta depois, que estará apto a jogar na segunda-feira", completou o comandante.

Com 30 pontos, o Botafogo ocupa o 13º lugar do Brasileirão e começa a flertar de maneira mais perigosa com a zona do rebaixamento, hoje fechada justamente pelo CSA, 17º colocado, com 26 pontos após ter empatado por 2 a 2 com o Atlético-MG, na noite de quarta-feira, em Maceió.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.