Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Botafogo pode ficar a um ponto da vaga

O Botafogo enfrenta neste domingo o Marília, às 16h, no Caio Martins, pensando na vitória para ficar somente a um ponto da classificação matemática à próxima fase da série B do Campeonato Brasileiro. O confronto está sendo considerado pela equipe como um dos mais difíceis da competição, porque o time paulista é a defesa menos vazada, além de ser o quarto colocado na tabela, com 24 pontos, sete a menos que o Alvinegro, o líder.Mas um dos trunfos do Botafogo é o ataque, o mais positivo da disputa. Para formar a dupla ofensiva alvinegra, o técnico Levir Culpi escalou Edvaldo e Dill. "Nossa liderança é ilusória, porque na segunda fase tudo vai começar do zero. Por isso, vamos buscar a classificação o mais depressa possível", afirmou Dill.O lateral Jorginho Paulista vai fazer a sua estréia pelo clube, atuando improvisado no lado direito do campo. Esta foi a solução encontrada por Culpi, porque Daniel está recuperado de contusão e volta ao time na lateral-esquerda. Já Camacho será escalado como titular no meio-de-campo e atuará no lugar de Almir. "A lateral-esquerda agora está bem. Estou indo para o meio e é muito bom saber que o Levir está confiando no meu trabalho", disse Camacho, que vinha sendo substituindo de Daniel.A presença de Culpi no banco de reservas para comandar a equipe é uma incógnita. Na sexta-feira, o pai do técnico morreu e, talvez, Luiz Mater, seu auxiliar, seja o responsável por dirigir o time contra o Marília.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.