Botafogo prega cautela contra lanterna Náutico

A lanterna do Campeonato Brasileiro ocupada pelo Náutico não ilude Ney Franco para o confronto desta quarta-feira, em Recife, no Estádio dos Aflitos. O treinador pediu cautela para o elenco e reforçou o cuidado com alguns jogadores da equipe adversária, principalmente com o atacante Carlinhos Bala.

AE, Agencia Estado

21 de julho de 2009 | 21h45

"O nosso adversário tem jogadores de potencial, como o atacante Carlinhos Bala, e um técnico muito competente, que é o Geninho. Todo cuidado é pouco", pediu o treinador botafoguense.

O Náutico chegou a estar no G-4 nas quatro primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro, quando venceu duas partidas e empatou outras duas. A saída do então técnico Waldemar Lemos para o Atlético Paranaense, no entanto, causou uma reviravolta na equipe. Depois da chegada de Marcio Bittencourt, a equipe perdeu todos os seus jogos e despencou para a lanterna. Agora, com Geninho, a equipe espera sair da zona de rebaixamento.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoBotafogoNáutico

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.