Botafogo promete vitória sobre o Cruzeiro

A derrota para o Palmeiras, no sábado, representou para o Botafogo a saída da zona de classificação para a Copa Sul-Americana, já que o time passou a ocupar a 12ª colocação da tabela de classificação, com 39 pontos. Por isso, para a partida de quarta-feira, contra o Cruzeiro, no Mineirão - uma das 11 anuladas por causa do escândalo da arbitragem - os jogadores prometeram uma vitória aos torcedores para o time continuar com possibilidades de obter uma vaga na competição continental. O técnico do Botafogo, Celso Roth, disse após a derrota para o Palmeiras, no sábado, que ao contrário do que os torcedores estão dizendo, tem escalado a equipe ofensivamente. Por isso, não entende o fato de ser chamado de retranqueiro. "Jogamos (contra o Palmeiras) no 4-4-2 e depois no 4-3-3, e é impossível ser mais ofensivo. A torcida pode reclamar por causa da derrota, mas dizer que jogamos defensivamente, isso não procede", argumentou Roth. "Infelizmente, temos criado oportunidades de gol, mas não estamos aproveitando. Vamos ver se no próximo jogo tudo muda."

Agencia Estado,

09 de outubro de 2005 | 20h15

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.