Botafogo quer gols também no 1º tempo

O Botafogo fez seus gols, até agora no Brasileiro, no segundo tempo. Foram seis no total. Neste sábado, contra o Atlético-MG, às 18h10, no Estádio Luso-Brasileiro com os portões fechados, o técnico Paulo César Gusmão quer equilibrar a estatística para que o time carioca se mantenha na liderança do campeonato, com 100% de aproveitamento. Por isso, ele armou o time com o objetivo que os gols também saiam na primeira etapa. Para tanto, PC Gusmão fez duas alterações. Uma, por questões táticas e técnicas e outra, por obrigação. Ramon, contundido, vai dar lugar a Gláuber, um meia habilidoso, veloz e que se destacou no Volta Redonda no recente Campeonato Carioca. E no lugar de Caio, o técnico optou por escalar Guilherme."Confio plenamente no Gláuber e acho que ele dará continuidade ao bom desempenho que o time vem tendo na competição. É um jogador de muita qualidade e, certamente, com vontade de provar seu potencial", declarou Ramon, que sofreu fratura na fíbula da perna esquerda no clássico contra o Vasco, em São Januário, no domingo, e ficará três meses afastado dos gramados.O Botafogo cumprirá neste sábado a última pena pelos incidentes ocorridos em 2004 em um confronto contra o Corinthians, pelo Brasileiro. O zagueiro Rafael Marques, por exemplo, disse que "é uma coisa chata jogar com o estádio vazio". "A gente fica triste. Trabalho a semana toda pensando em contar com o apoio da torcida e não vou tê-lo", afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.