Botafogo quer vitória com muitos gols

Vencer e marcar o maior número de gols possível é o objetivo do Botafogo no confronto deste sábado contra o vice-campeão do primeiro turno do Campeonato Carioca, o Americano, em Campos, às 18 horas. Na Taça Rio, o Alvinegro da capital está na segunda colocação do Grupo A com o mesmo número de pontos do Friburguense, três, mas perde no desempate pelo número de gols, tem dois e, o adversário, quatro. "É um jogo de tamanha importância, porque uma vitória pode praticamente nos assegurar na semifinal", disse o técnico do Botafogo, Paulo Bonamigo, que utilizará o sistema tático com três atacantes: Guilherme, Alex Alves e Ricardinho. "Precisamos manter a nossa regularidade. A equipe tem que ser organizada e ofensiva durante toda a partida." E para alcançar o objetivo, Bonamigo enfatizou a necessidade de o time melhorar também a marcação. Além disso, o treinador destacou que a superioridade técnica de seus jogadores precisa ser um diferencial ante o Americano. "Temos que ser fortes e nos impor. Fazer a diferença na questão técnica e fazer valer a nossa melhor qualidade", frisou Bonamigo. "Reconheço os méritos do Americano. Não vai ser um jogo fácil, mas não teremos receio ou medo." Hoje, o técnico do Botafogo foi surpreendido por uma torção no tornozelo direito do zagueiro Scheidt. O jogador viajou com a delegação para Campos e fará um teste para saber se tem condições de atuar. Juninho ocupará sua vaga caso seja vetado. Outros jogos - Outros dois jogos serão realizados amanhã na abertura da segunda rodada da Taça Rio. O Friburguense enfrenta o Madureira, às 16 horas, em Conselheiro Galvão. E América e Olaria, ambos sem pontuação no segundo turno, fazem o jogo dos lanternas, em Édson Passos, e fecham o início da rodada, às 18 horas.

Agencia Estado,

25 de fevereiro de 2005 | 19h11

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.