Vitor Silva/Botafogo
Vitor Silva/Botafogo

Botafogo recebe o Santos e tenta encerrar série negativa no Brasileirão

Equipe de Paulo Autuori quer embalar após vencer o Vasco e colocar fim a jejum de seis jogos sem triunfo no torneio

Redação, Estadão Conteúdo

20 de setembro de 2020 | 13h22

Empolgado pela vitória no clássico sobre o Vasco, pela Copa do Brasil, o Botafogo muda suas atenções antes de voltar a enfrentar o rival carioca, e foca na partida deste domingo, às 18h15, diante do Santos, no Engenhão. O jogo, válido pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro, tem muita importância já que o time alvinegro amarga uma longa sequência sem triunfar na competição e precisa sair da zona de rebaixamento.

O Botafogo não vence no Brasileirão há seis partidas. O último triunfo ocorreu há mais de um mês. Na ocasião, bateu o Atlético-MG por 2 a 1 em duelo da quinta rodada. De lá para cá, acumulou quatro empates e duas derrotas. Os maus resultados consecutivos jogaram a equipe para a zona de rebaixamento, com nove pontos.

Ainda assim, o time carioca tem tido bons desempenhos em algumas partidas e largou na frente em busca a uma vaga às oitavas de final da Copa do Brasil ao vencer o Vasco por 1 a 0 na última quinta-feira, no Engenhão.

"O Botafogo tem jogado para ganhar. Deveríamos estar surfando mais em cima da tabela no Brasileirão. A equipe tem feito bons jogos no geral, nada de excepcional. Tem sido sólida e sofrido gols em lances pontuais", avaliou o técnico Paulo Autuori.

Com o duelo de volta contra o Vasco marcado para a próxima quarta-feira, Autuori deve poupar alguns de seus principais jogadores. O rodízio é comum em vários clubes neste momento da temporada e no Botafogo não é diferente. O técnico, inclusive, sempre deixou claro que vai preservar os atletas que julgar necessário para tentar evitar um desgaste físico.

"Setembro está sendo difícil, pois não estamos podendo dar descanso como queríamos. É um momento de sacrifício para todos. Me preocupo com o jogo contra o Santos. Todas as equipes sofrem muito pela sequência de jogos", disse.

Guilherme Santos, Luis Henrique e Pedro Raul foram desfalques contra o Vasco porque não estavam 100% fisicamente. Existe a possibilidade de algum dos três jogar neste domingo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.